Dono de oficina é condenado por maus-tratos a cão em Pouso Alegre (MG)


Dono de oficina é condenado por maus tratos a cachorro em Pouso Alegre (Foto: Reprodução EPTV)
Dono de oficina é condenado por maus tratos a cachorro em Pouso Alegre (Foto: Reprodução EPTV)

O dono de uma oficina mecânica foi condenado, pela Justiça de Pouso Alegre (MG), a pagar uma cesta básica para uma entidade da cidade por maltratar um cão da raça rottweiler. O animal, chamado de “Poeta”, estava trancado em uma pequena jaula, sem água potável e sem comida. Ele pesava apenas 25 quilos e, quando foi encontrado, há um mês, estava muito debilitado. O cão, que tinha cerca de sete anos, chegou a ser socorrido, mas morreu oito dias depois.

Como a oficina mecânica em que o cão vivia estava fechada na hora da apreensão, foi preciso um apoio da Polícia Militar Ambiental. A denúncia foi feita pela ONG SOS Bichos.

Segundo o artigo 32 da Lei de Crimes Ambientais, praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos, é crime com multa e pena de três meses a um ano de prisão.

Fonte: G1


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

AMOR

EMPATIA

AMOR

CRUELDADE

CHINA

FINAL FELIZ

POLUIÇÃO

COMPAIXÃO

VIOLÊNCIA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>