Animais em extinção são descobertos no cerrado do Distrito Federal


Pesquisadores da Universidade de Brasília (UNB) instalaram câmeras em áreas de cerrado ao entorno do distrito Federal e descobriram espécies de animais silvestres em extinção. Bichos que há anos não eram vistos no local.

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

O município de Formosa, que fica há mais de 100 quilômetros de Brasília, faz parte da área de cerrado na qual os animais foram encontrados. Em uma fazenda, biólogos da UNB encontraram pegadas de onça pintada no alto da serra e resolveram instalar uma armadilha fotográfica.

Os pesquisadores amarraram o equipamento à arvore.  E colocaram uma isca há cerca de três metros de distância. A câmera foi programada para filmar qualquer movimentação na área.

Imagem de um Urubu-rei com as asas abertas.
Foto: Divulgação

A onça pintada foi uma das espécies que apareceu na filmagem. Segundo os biólogos, ela é uma fêmea. Agora, a esperança é que tenha um macho na região para que os animais possam se reproduzir e posteriormente, obter imagens de uma ninhada.

Além da onça, a câmera instalada pela Universidade registrou o flagrante de vários animais raros como a jaguatirica, o urubu-rei e o lobo-guará.

Diante da importante descoberta, os biólogos começaram uma campanha pela preservação destes animais, principalmente da onça. O receio é que os fazendeiros matem o bicho.

Para ajudar a população rural a conviver com a onça, uma cartilha intitulada ”Guia de convivência Gente e Onças” foi distribuída e expõe dicas de como manter a convivência pacífica. Na fazenda que abrigou a pesquisa, o dono garante que a onça está segura e diz que vale mais a consciência ambiental.

Fonte: G1


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

CONSERVAÇÃO

MUDANÇAS CLIMÁTICAS

MAUS-TRATOS

HABITATS DESTRUÍDOS

OMISSÃO

ECONOMIA CIRCULAR

DEDICAÇÃO

TECONOLOGIA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>