Britânico é advertido legalmente por soltar mil grilos em seu jardim


(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

Daniel Emlyn-Jones, de 40 anos, disse ter comprado os insetos online e decidiu soltá-los no seu jardim há pouco mais de um mês porque os ruídos dos grilos o faziam lembrar países do Mediterrâneo.

Emlyn-Jones, que trabalha como zelador em uma igreja e dá aulas particulares de matemática e ciência, disse que não acreditava que os insetos haviam provocado qualquer dano ou que representavam algum risco ambiental, já que têm uma expectativa de vida de apenas um ou dois meses.

Mas as autoridades locais não pensavam igual. “Isso pode parecer um ato inocente, mas a introdução de animais não normalmente residentes na população pode causar, na melhor das hipóteses, alterações na vida selvagem local”, disse Dean Kingham, do departamento ambiental da polícia local.

“Na pior das hipóteses, eles podem provocar danos ao espalhar doenças ou criar populações artificiais”, disse.

O habitat nativo da espécie de grilos solta no jardim são as regiões tropicais e subtropicais da Ásia, da África e da Europa. Os insetos produzem seu ruído peculiar ao esfregar suas asas externas.

Segundo o especialista James Hogan, curador do Museu de História Nacional da Universidade de Oxford, o problema de soltar espécies não nativas é que “você não sabe que efeito elas podem ter”.

“Elas podem carregar doenças”, disse ele ao jornal local The Oxford Times. “Essa espécie de grilos faz barulhos altos, mas tenho certeza de que o sr. Emlyn Jones poderia ter comprado CDs com sons de grilos em vez disso”, afirmou.

Fonte: BBC

Nota da Redação: É um absurdo que animais sejam vendidos, pela internet ou em lojas e feiras, como mercadorias, tendo suas vidas reduzidas a lucro e dinheiro.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

PROTEÇÃO ANIMAL

CRUELDADE

GRATIDÃO

ESPECIAL

ALEGRIA

VÍTIMAS DA CAÇA

MAUS-TRATOS


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>