Carne de quatis, tatus e macucos é apreendida em residência de Garuva (SC)


Carne de aninais foi apreendida em Garuva, no Norte de SC (Foto: Marciéli Palhano/RBS TV)
Carne de aninais foi apreendida em Garuva, no Norte de SC (Foto: Marciéli Palhano/RBS TV)

A Polícia Militar Ambiental apreendeu carne de quati, cinco tatu e macuco em uma residência de Garuva, no Norte de Santa Catarina. O flagrante foi no km 10 da SC 417.

De acordo com o tenente Felipe Dutra, a polícia recebeu informações que havia no local uma fábrica ilegal de palmito e acabou encontrando diversos animais silvestres mortos. No total, foram encontrados 11 quatis, cinco tatus e três macucos, que estavam em dois freezers da casa. Além disso, foram apreendidos 100 vidros de palmito, com cerca de 40 kg, que estavam sem registro de procedência.

O proprietário da casa, de 48 anos, disse que tudo era para consumo próprio. Porém, conforme a polícia, a apreensão continua sendo irregular. Na casa ainda foram encontradas quatro espingardas, um revolver calibre 38, munições sem registro, além de armadilhas para caça.

O suspeito vai responder um processo administrativo da Polícia Ambiental. Duas empresas, de Garuva e Mato Grosso, que têm nomes nas embalagens de palmito serão investigadas para verificar se há envolvimento. A multa para o homem pode ser superior a R$ 50 mil.

Fonte: G1


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

MAUS-TRATOS

TRAGÉDIA

RETROCESSO

SOFRIMENTO

DIFICULDADES FINANCEIRAS

BELO HORIZONTE (MG)

COVARDIA

CRUELDADE


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>