A hipocrisia de um torturador


Imagem: Celeste Byers (N.Y. Times)
Imagem: Celeste Byers (N.Y. Times)

O Jornal New York Times deu espaço a uma matéria de um defensor das torturas com chimpanzés, John L. VandeBERG, diretor do Southwest National Primate Research Center, um conhecido centro de reprodução e tortura de chimpanzés. Hipocritamente, ele reclama que a proibição do NIH – National Institute of Health – de usar mais chimpanzés em pesquisas biomédicas vai acabar com as vacinas que os próprios primatas precisam.

Este senhor, que representa uma instituição que tem lucrado anos a fio, e continua lucrando até hoje, a 56 dólares por dia, por chimpanzé, para mantê-los em suas instalações – quando em nossos Santuários, bem melhor tratados e alimentados, custam menos de 10 dólares -, usa uma argumentação falaciosa, inventando possíveis e potenciais vacinas que podem ser desenvolvidas para proteger os primatas, como uma razão para voltar a torturá-los em suas instalações e nas outras similares.

Em nenhum momento, nos últimos mais de 50 anos de torturas de chimpanzés, a pesquisa biomédica, financiada pelo NIH e realizada por todas estas instituições, incluindo a Força Aérea Norte-Americana (que também tem torturado e matado dezenas de chimpanzés), foi direcionada para desenvolver vacinas para proteger grandes primatas.

Se este senhor e seus sócios nos diversos centros de torturas desejam pagar uma pequena parte da dívida que têm com o assassinato e o sofrimento de centenas de chimpanzés em suas instalações, devem investir parte dos lucros imensos obtidos e pagos com os impostos dos contribuintes Norte-Americanos em proteger o habitat onde ainda sobrevive uma ínfima população de chimpanzés, gorilas e orangotangos, que, em maior contato com os humanos, são dizimados por nossas doenças para as quais não têm imunidade desenvolvida.

O NIH reservou ainda 50 infelizes chimpanzés, dos 451 que o Governo é dono, como uma reserva estratégica, em caso de emergência. Este torturador ainda tem a falta de vergonha de reclamar que é muito pouco para as pesquisas que estão em andamento, que nunca conseguiram absolutamente nada de resultados, senão produzir dor, sofrimento e gerar lucro para estes assassinos de primatas.

Fonte: Projeto GAP


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

VAQUINHA ON-LINE

FINAL FELIZ

LEALDADE

COMPROMISSO

ESPECIAL

MAUS-TRATOS

FELICIDADE


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>