Micos de cheiro são retirados de reserva biológica em Pernambuco


Foto: Reprodução/ G1
Foto: Reprodução/ G1

Os micos de cheiro estão sendo expulsos da Reserva Biológica de Saltinho, em Tamandaré, no litoral sul de Pernambuco. Eles foram levados para a área de proteção ambiental há mais de 20 anos. Como não pertencem à região e não têm inimigos naturais, se reproduziram exageradamente e estão acabando com espécies nativas ameaçadas de extinção.

A solução é capturar os micos e levá-los de volta para a Amazônia, de onde são naturais. O problema é que os animais são muito espertos, inteligentes e cheios de energia.

“Eles comem pequenos mamíferos, insetos, ovos de pássaros. Isso causa um desequilíbrio ambiental e gera perda da biodiversidade local, onde não tem nenhum animal que combata esse mico”, afirma o veterinário Márcio Freitas.

O caso foi parar na Justiça e o Ministério Público Federal determinou que os órgãos ambientais entrassem em ação para capturar a espécie invasora. Foi o início de uma longa estratégia para usar as armadilhas de captura. Mas nem todos os animais caíram nas armadilhas.

Em oito meses, apenas 13 micos de cheiro foram capturados. Eles passaram por exames e foram mandados de volta para o Amapá.

Fonte: G1


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

DESMATAMENTO

BARBÁRIE

PRESSÃO INTERNACIONAL

INVOLUÇÃO

UNIÃO

PREVENÇÃO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>