Área da Reserva

Caçador é preso com armas e animal morto no Espirito Santo

Foto: Divulgação

Na noite deste sábado (03), pouco antes da madrugada, policiais ambientais prenderam um caçador em flagrante na área da Reserva de Biológica de Sooretama, com arma, munições e um animal morto.

Suspeitando da ação de um caçador na região, os policiais militares da 3ª Companhia Ambiental com sede em São Mateus montaram uma campana por várias horas, e pouco antes da meia noite flagraram um homem de 49 anos, lavrador saindo do interior da mata com uma paca morta, uma espingarda calibre 36 e ainda três cartuchos intactos e um deflagrado.

Diante da surpresa, o caçador não esboçou reação sendo detido e encaminhado para a Polícia Federal de São Mateus, já que a Reserva de Sooretama é jurisprudência da União.

FAÇA PARTE DO #DiaDeDoarAgora EM 5 DE MAIO

Além de responder pelo crime ambiental previsto na lei 9.605/1998, art. 29, § 1º, inciso III (caçar sem a devida permissão ou autorização do órgão competente) que prevê detenção de seis meses a um ano e multa, o acusado também responderá pelo crime previsto no art. 14 da lei 10.826/2003 (porte ilegal de arma de fogo de uso permitido) com pena de reclusão de dois a quatro anos e multa.

A Reserva Biológica de Sooretama foi criada, em 1982, para preservar a Mata Atlântica remanescente no Espírito Santo. Está localizada no Centro Leste capixaba, entre os municípios de Linhares, Jaguaré, Sooretama, Vila Valério, a 130 km da capital do Estado.

A Reserva resguarda, também, vestígios da vegetação chamada, Mata dos Tabuleiros, caracterizada por matas sempre verde e árvores de mais de 30 metros de altura e diversos animais da fauna silvestre. A área de extensão é de 27.946 hectares.

Com informações de PMA Espirito Santo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui