Cuidados

Saiba como proteger seus animais do barulho dos fogos de artifício

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

A maioria dos animais fica muito assustada com o barulho da queima de fogos. Por isso mesmo a virada do ano ou jogos de clubes de futebol são verdadeiros infernos na vida dos animais. Rabinho entre as pernas e coração acelerado são sintomas bem comuns nos animais . E que tutor também não se preocupa ao ver o bicho assim apavorado?

A preocupação é tanta, que a primeira reação é pegar o animal no colo, acalmar, fazer carinho, não é? Mas atitudes assim só pioram a situação. Segundo o zootecnista Alexandre Rossi, o Dr. Pet, tentar proteger o animal só mostra a ele que realmente deve ter medo.

“Além do estresse que passam, os animais correm o risco de se machucarem, pois no desespero pulam de qualquer lugar, esbarram nas coisas, etc. Essa situação causa um mal estar absurdo, faz o bicho perder a noção, pois ficam apavorados. O ideal é treinar o animal a se acostumar a barulhos altos”, diz.

Veja as dicas para acalmar o bichinho:

1) Mostre que os barulhos não são perigosos. Associe os fogos a coisas legais: faça festa, dê petiscos, etc. Nada de ficar passando a mão na cabeça do animal ou pegá-lo no colo para acalmá-lo. Assim, ele vai mesmo entender que deve ficar assustado.

2) Acostume o animal a barulhos semelhantes. Pode gravar um CD com tempestades ou fogos e colocar para ele ouvir todos os dias. O barulho dos fogos vira algo corriqueiro que aos poucos, ele vai deixar de dar importância.

3) No dia a dia, quando acontece algum barulho, como o estouro de uma bomba, não agache perto do animal. Tente mostrar que é uma coisa legal.

4) Animais que têm uma fobia muito grande podem tomar remédios ansiolíticos. Isso os ajuda a ficarem mais calmos. A medicação deve ser recomendada e acompanhada por veterinário. Experimente dar antes do dia dos fogos, pois é preciso ver o efeito que o remédio exerce no organismo. Em doses erradas, os ansiolíticos podem ter efeito contrário.

5) Se o animal estiver meio “grogue” do remédio, é melhor prendê-lo, por que ele pode se machucar. Alguns até se jogam da janela ou varanda.

6) Prefira prendê-lo em locais que ele goste, onde ele se sinta mais seguro. Se ele entrou debaixo da cama, o ideal é prendê-lo no quarto.

7) Feche o máximo de portas e janelas para abafar o som. Acostume-o ao som ambiente relativamente alto e brinque com ele.

Fonte: R7

1 COMENTÁRIO

  1. Olá, pois nós estamos fazendo tudo de errado então,pois a primeira coisa que fazemos é pega-los no colo, pois eles correm ao nosso encontro e ficam desesperados,imagino se eles estivessem se criado na rua, chega doer meu coração só em pensar nisso. Obrigada pela dica, até as festas dá tempo de tentar treinar eles… obrigada

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui