Leopardos, veados, esquilo e hipopótamo morrem em zooógico na Índia


Por Danusia Alves (da Redação)

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

O zoológico de Kerala, um dos mais antigos no sul da Índia, se tornou um cemitério de animais, com pelo menos 10 ‘detentos’ mortos nas últimas duas semanas devido a várias doenças.

Entre os animais mortos estavam dois filhotes de leopardo, quatro veados pintados, dois veados sambar, um esquilo gigante indiano e um filhote hipopótamo de 13 dias.

Com a morte dos filhotes de leopardos, o número total de felinos selvagens no zoológico caiu para 5, fontes disseram.

Os filhotes de leopardo, Sarishma e Asha, morreram depois de infectados com o vírus Panleucopenia felina, conhecido também como “a praga de gato”.

A maioria dos veados foram vítimas de uma doença contagiosa que é espalhada por moscas que sugam sangue de seus cascos.

No entanto, o diretor do zooógico, B. Joseph, disse que o problema com as mortes dos animais foi “um pouco exagerado”, porque a maioria deles morreu devido às idades avançadas.

“É verdade que os filhotes de leopardo morreram por causa da virose que afeta os felinos. Mas muitos dos veados morreram por causa da idade. O caso do esquilo gigante não foi diferente. O filhote de hipopótamo foi morto depois de ter sido chutado pela sua mãe embaixo da água”, contou Joseph.

Esquilo gigante indiano (Foto: Divulgação)
Esquilo gigante indiano (Foto: Divulgação)

Por causa dessas mortes, foi convocada uma conferência que terá a participação de oficiais do departamento de bem estar animal e veterinários, que estudará o problema e sugerirá medidas terapêuticas a partir de instruções dadas pelo Ministro de Zoológicos e Museus, P. K. Jayalakshmi.

“A chuva incessante é a principal razão para a propagação de doenças causadas por moscas. É também um grande obstáculo para a correta manutenção da higiene no zoológico”, disse Joseph.

Criado pelo rei de Travancore Swathi Thirunal Rama Varma em 1857, esse zoológico fica num sítio de 55 acres no centro da cidade.

A área verde desse parque mantém confinados um grande número de animais como leão, tigre, leopardo, rinoceronte, leão asiático, elefante, zebras, além de pássaros como o pavão indiano, o colhereiro e o casuar, e é frequentado principalmente por turistas.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

PRESERVAÇÃO

VAQUINHA ON-LINE

FINAL FELIZ

LEALDADE

COMPROMISSO

ESPECIAL

MAUS-TRATOS


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>