Caça a cães

Secretaria de Saúde nega que prefeito de Santa Cruz do Arari (PA) tenha pedido auxílio do estado

Em uma espécie de curral, cães foram mantidos amarrados. Eles apresentavam ferimentos. (Foto: Reprodução/ Aragonei Bandeira)
Em uma espécie de curral, cães foram mantidos amarrados. Eles apresentavam ferimentos. (Foto: Reprodução/ Aragonei Bandeira)

A Secretaria de Saúde do Estado (Sespa) negou, nesta quarta-feira (5), que tenha recebido solicitação do prefeito de Santa Cruz do Arari, na região do Marajó (PA), para o envio de uma equipe de veterinários até o município para fazer o controle da superpopulação de cachorros. O prefeito Marcelo Pamplona (PT), suspeito de ordenar a captura e o extermínio de cães na cidade como ação sanitária, disse que teria pedido o apoio estadual em maio de 2012. Como não teve retorno da secretaria, empreendeu a medida polêmica no último dia 28 de maio.

O coordenador do Centro de Zoonoses (CCZ) da Sespa, Reinaldo Lima, no entanto, declarou ao G1 que não recebeu nenhuma solicitação da cidade de Santa Cruz do Arari.  “Ele não solicitou auxílio especializado e agiu no desespero”, comenta, reconhecendo que a superpopulação de animais é um problema de saúde pública, sobretudo em municípios do Marajó. “Nessas comunidades, os animais ficam soltos no mercado, defecando perto de alimentos, o que provoca doenças à população. Mas a intervenção deve ser feita por pessoas capacitadas, após um estudo de caso específico para cada cidade”, esclarece.

O coordenador classifica como errada a atitude do prefeito de Santa Cruz do Arari e recomenda ser avaliada com muito critério a necessidade de matar os animais. “Na cidade, não há nenhum agente habilitado para esse tipo de serviço. Isso não poderia ter sido feito como foi, com animais sendo arrastados pelas ruas. Há técnicas para captura, há um protocolo, que deve ser, inclusive, respaldado judicialmente”, frisa.

Reinaldo Lima destaca ainda que o extermínio em massa de animais não é um procedimento eficiente para o controle da superpopulação e que no Brasil já não se adota oficialmente essa medida, por não ser eficaz.

Faltam recursos e estrutura

De acordo com o coordenador, a medida ideal nesses casos é a castração dos cães, impedindo a reprodução dos animais, mas a realização dos procedimentos veterinários têm custo elevado e faltam verbas para manter a atividade como medida sanitária. “Há uma limitação enorme de verba. Fazemos a castração, mas esse é um método caro. A pasta de zoonoses é a mesma da saúde. Ou seja, é a mesma verba para a compra de medicamentos para os postos de saúde, para o tratamento de tuberculose, hanseníase. E como conseguir recursos para esse tipo de ação de controle com tantas demandas para a saúde?”, questiona.

Além disso, manter animais sob a guarda do estado é inviável, segundo Lima. “O CCZ existe para controlar as doenças que o animal transmite para o ser humano e foi uma instituição criada com o objetivo de erradicar a raiva nas Américas. Não somos depósito de animais abandonados. Não temos recurso para manter esses animais e fazer assistências a animais em situação de rua”.

Segundo Lima, dos 144 municípios paraenses, apenas cinco têm centros de zoonoses, e a carência dessas instituições públicas especializadas contribui para que a proliferação de animais culmine em casos de doenças para a população. “Em cidades do Marajó, há ocorrências de infestações de carrapatos e pulgas, que acabam atacando crianças, que adoecem. Os hospitais públicos ficam lotados. Nessas situações, é preciso haver intervenção”, relata.

De acordo com o CCZ, o controle desses casos se faz com a avaliação de indicadores, que apontam as doenças transmitidas por animais. A partir desse diagnóstico preliminar é desenvolvido um plano de ação específico para cada localidade. “Em Marabá, por exemplo, foram registrados 82 casos de raiva humana em área urbana. Ou seja, raiva que foi transmitida a pessoas por cachorros contaminados. Esse índice de contaminação de Marabá é alarmante. Em área urbana as chances de proliferação da doença são muito grandes”, alerta.

Para tentar solucionar o caso, Lima informou que ficou marcada uma reunião para hoje com o prefeito de Santa Cruz do Arari, Marcelo Pamplona, na sede da Sespa, em Belém. No encontro, serão discutido um plano de ação de controle dos cachorros na cidade do Marajó.

Entenda o caso

A população de Santa Cruz do Arari, na Ilha do Marajó, denunciou a caça a cães instituída pelo prefeito Marcelo Pamplona (PT). Segundo os moradores, a prefeitura, no último dia 28, pagou pela caça de cães e cadelas, e os animais apreendidos teriam sido mortos.

O prefeito reconhece que fez a captura dos cachorros, mas nega que tenha matado os animais: segundo ele, os bichos foram levados para a zona rural do município, já que estariam causando a proliferação de doenças na cidade.

Vídeos registraram cachorros sendo laçados por crianças e levados até canoas, onde foram amontoados no porão da embarcação. Amarrados, os animais aparecem com diversos ferimentos. As imagens mostram ainda vários animais mortos abandonados no rio da cidade.

A Delegacia de Meio Ambiente (Dema), da Polícia Civil, abriu inquérito, na terça-feira (4), para apurar o caso. Hoje, uma equipe da delegacia deve chegar a Santa Cruz do Arari para apurar as denúncias sobre o caso.

O Ministério Público Estadual (MPE) também instaurou inquérito civil para investigar as denúncias. No documento, assinado pela promotora Jeanne Maria Farias de Oliveira, uma análise preliminar de imagens onde os cães aparecem amarrados e alojados dentro de um barco, podem configurar crueldade com animais, conduta passível de responsabilização civil e criminal.

Fonte: G1

Nota da Redação: Leia e assine o abaixo-assinado que será encaminhado para a promotora Viviane Lobato Sobral Franco, do Ministério Público do Estado do Pará.

1 COMENTÁRIO

  1. A essas alturas dos acontecimentos, ninguem é culpado. O Prefeito só queria manter a “saude” da população, as pessoas só tavam querendo “ganhar um dinheiro extra”, nada de mais né!!! OS CULPADOS MESMOS SÃO OS CACHORROS…..ELES SÃO BEM ALIMENTADOS, BEM TRATADOS, SÃO CASTRADOS, TEM UMA CASINHA QUENTINHA, SÃO VACINADOS, TEM UM “TUTOR RESPONSÁVEL”…..MAS MESMO ASSIM INSISTEM EM INCOMODAR!!!! Bando de gente ignorante!!

  2. Essa situação chegou a esse ponto vergonhoso de descaso com a fauna porque a maioria das autoridades ignoram os direitos dos animais-não- humanos. Lá em Caldas Novas ,o prefeito mandava recolher os cachorros e gatos de ruas, quando aumentavam muito, esses seres sencientes da natureza eram levados pra Itubiara outra cidade próxia pra serem mortos.
    Esses crimes estão todos grafados no cosmo
    A sociedade tem que ser educada pra respeitar e colaborar com a fauna, adotando , não abandonando e castrando seus animais.
    Verba pra tantas outras coisas, sempre há, mais pra cuidar da fauna, da educação humanitária e ambiental da sociedade não tem. Não há desculpa pra assassinatos e mal exemplo.
    Esse prefeito e quem colaborou com esses crimes, tem que serem punidos.
    Esse prefeito desconhece a lei de proteção dos animais.
    Se a lei existe é pra ser cumprida.
    Espero que a justiça seja feita.

  3. Francamente, que vergonha essa prefeitura e parte da população estão fazendo passar o estado do Pará e também nosso país!!! Até na Europa já está sendo divulgada essa selvageria extrema cometida contra cães da cidade. Mesmo que a pessoa que filmou essa selvageria não o tivesse feito, a mãe de 1 faxineiro que trabalha em meu edifício já estava contatando a mídia!! Acham que ficaria por isso mesmo???????
    Se têm problemas com super população, peçam ajuda para a Zoonoses de Belém/PA e se eles não atenderem, divulguem isso! É obrigação deles ajudar. Nunca poderiam tomar atitudes absurdas como essas que estão envergonhando os brasileiros pelo mundo! Estão sujando a imagem de cada 1 de nós!
    Espero que consigam corrigir esse erro gigantesco e mostrar que o Brasil não é 1 país de selvagens e sabe tratar seus animais, seres domesticados pelo Homem, com a dignidade que merecem!
    Os cães não pediram para serem domesticados, o Homem quis assim e degenrou tanto esses animais q hj eles só sabem viver da caridade humana, fora q são seres maravilhosos q mercem td o respeito e carinho e não serem tratados como criminosos, como lixo! Estou estarrecida c o fato!! Custo a acreditar q essa gente seja capaz disso mas as imagens não mentem, sr. prefeito!!
    Aliás, aproveitem p entrar no blog da cidade http://santacruzdoarari.blogspot.com.br/ e deixar 1 comentário sobre essa insanidade coleitva gerenciada pela prefeitura. Também tem o email da prefeitura santacruz.arari@yahoo.com.br
    Como pode 1 lugar tão bonito ser 1 vergonha assim???

    Gandhi: “A grandeza de uma nação e o seu progresso moral podem ser avaliados pela forma como trata os seus animais”

  4. Estou profunda preocupação c os animais q conseguiram nadar até a margem pois estão machucados e apavorados, além de ainda poderem sofrer algum tipo de hostilidade por parte dos selvagens q os tentaram caçar. Se não estivesse há milhares de km dessa cidade, tentaria alguma atitude positiva p com essas inocentes vítimas. Meus pensamentos tb vão p o corajoso rapaz q denúnciou td essa barbaridade…
    Alguém pode fazer algo?

  5. Não serei preconceituosa mas que população baixa ao aceitar 5 ou 10,00 para acabar com os cães abandonados. É fácil o prefeito liberar esse dinheiro do que proporcionar empregos ou dar um jeito nos animais, seja castrando, colocando-os em abrigos, ou seja, se tomasse medidas sérias estaria de parabéns, mas vamos lá, paraense precisa de 10 reais porque trabalhar dói, matar cachorro é mais fácil. Povo vagabundo, prefeito de merda mais baixo que os próprios animais irracionais. Povo nordestino, acordem, não deixem os políticos os corroerem se não logo serão vocês os que irão ao abate.

    Justiça pelos animais se Santa Cruz !!!

    • primeiro não generalize, não culpe todo um estado ou uma cidade pelos atos irresponsáveis de alguns, no Pará existe tantas coisas boas e coisas erradas quanto em qualquer cidade do Brasil: politico corruptos, traficantes,drogados, pessoas irresponsáveis, mas a maioreia são pessoas corretas assim como no resto do Brasil

  6. VERGONHAAA!!!

    Bem se vê,que essas pessoas que ajudaram a fazer essa monstruosidade tem o PREFEITO QUE MERECEM!!

    COVAAAAARDES!! Punição já pra eles!!!!!!!!!!!!!!!!!

  7. ´´E um sacripanta covarde! É um ser desprezível. Um sujeito hipócrita que assassina cachorros para encontrar solução. O incompetente deveria contratar um veterinário para tratar e castrar os cachorros.

  8. Nossa estou envergonhada com tanta barbaridade os animais são criaturas inocentes, espero que as autoridades tomem atitudes, que “atitudes” são essas? Punir os culpados incluindo o manda chuva e esses vagabundos que aceitam qualquer minimo dinheiro pra tirar a vida e torturar um inocente! Que vergonha do meu Pará!

  9. Um horror!! Uma vergonha! Que país é esse Meu Deus!! Essa cidade vai ficar na memória de todos como a “Cidade do Extermínio” Uma cidade que nínguém no mundo deve querer visitar e quem mora deveria ter vergonha de dizer que vive nela!!! Parabéns a todos Prefeito e moradores que participaram dessa barbárie que está sendo vista no mundo inteiro via internet, agora que os olhos do mundo se voltam para o nosso país e pensam é esse o país da Copa, da Jornada mundial da Juventude das Olimpíadas e ainda é um país do 3º mundo!!!

  10. TSerá que ele gostaria de ser caçado pela cidade? O pior é que agora é um tal de apura daqui, apura de lá, e no final vão chegar à conclusão de que os cães se suicidaram. O mínimo que teria que acontecer é a perda de mandato desse criminoso. E a Secretaria da Saúde tem a cara de pau de dizer que as castrações custam caro. Ora, muitos Veterinários fariam castrações sociais por cerca de R$ 50/60,oo. Caros são os estádios da Copa…

  11. PEÇO PROVID~ENCIAS PARA A CASSAÇÃO DESTE PREFEITO NOCIVO ,POIS INCENTIVA OS SENTIMENTOS MAIS PERIGOSOS QUE EXISTEM NO SER HUMANO. SA GARNDES CIVILIZAÇÕES INCENTIVAM A MORTE DECENTE DE ANIMAIS QUE SERVEM ATÉ PARA ALIMENTAÇÃO ,COMO OS JUDEUS E ISLAMICOS . ATÉORÇÃO FAZEM PEDINDO ALÍVIO AO ANIMAIS E PROTEÇÃO A DEUS . ESTE PREFEITO É UM VERDADEIRO PETRALHA !!!!

  12. QUE O MP DO PARÁ TOME AS PROVID~ENCIAS DEVIDAS CONTRA ESTE PREFEITO . QUE A DIREÇÃO NACIONAL DO PT TOME SUAS PROVIDÊNCIAS .O PARÁ EM RELATÓRIO DO DEPTO DE ESTADO ESTADUNIDENSE É VISTO COM TERRA SEM LEI , E UM VERDADEIRO FAROESTE , SENDO EQUIPARADO AO OESTE DE LÁ A CERCA E 150 / 200 ANOS PRETÉRITOS .

  13. SE NÃO TEVE AJUDA DO GOVERNO ESTADUAL , QUE CREIO SER MENTIRA . TERIA DO GOVERNO FEDERAL QUE SEU PARTIDO GOVERNA ,OU DE ONG OU DE UNIVERSIDADES NA MINHA CIDADE OS TRÊS ÚLTIMOS PREFEITOS FIZERM CAMPANHAS E CSATRAÇÃO E VERMIFUGAÇÃO EM PARCEIRA COM A UNIVERSIDADE DE SANTO AMARO ( UNISA ) , QUE FOI SUCESSO ABSOLUTO !!! É UM IGNORANTE QUE NÃO MERECE O PODER . SÓ DEVE SERVIR PRA LEVAR DINHEIRO NA CUECA !!!

  14. Quem mata um cachorro de forma grotesca por r$5, indica o nivel em que a população mizeravel deste pais sem encontra. E é por isso que o bolsa familia faz tamanho sucesso! É uma fortuna para essa gente que deveria estar atras de emprego, e nao se sujeitando a tanta humilhação de todos os lados.

  15. A população estava querendo era cuidar da saúde de seus filhos e de si. E está na cara que a tal secretaria de saude se omitiu e agora está querendo tirar o deles da reta.
    Vcs donos de cachorros pensam que estes seres são mais importantes que os seres humanos. Vocês não passam de um bando de hipócritas e dementes. Por que não lutam por causas nobres em favor da humanidade?

    • Agora eu te faço uma pergunta, se os moradores não estivessem recebendo dinheiro será que isso estaria acontecendo, pois pelo que fiquei sabendo pessoas chegaram a invadir quintais e pegar cães para matar, ou seja o cão não estava na rua, se os moradores estão insatisfeitos com saúde pública em sua cidade não é matando que se resolve e sim castrando os animais, ou seja prefeitura e moradores estão errados!!!

    • Por que VOCÊ não luta por causas nobres em favor da Humanidade, Henrique? Vamos, tira a b… da cadeira e vai ligeiro lá na rua, na madrugada, distribuir sopa para os desabrigados que dormem nas ruas. Vamos!!! Hipócrita e mau caráter.

    • Senhor Henrique, sua ignorância é de fato visível. Utilizar-se de uma opinião nada embasada para fazer um comentário desse é lamentável. Provavelmente o senhor é da mesma laia que o prefeito. Se os governantes tivessem competência para o trabalho saberiam qual a medida correta a ser tomada. E acredito que muitos animais são melhores que muitos seres humanos. O senhor já viu quantos casos há de animais que salvam crianças, por exemplo? Informe-se;

  16. to revolta com sh Marcelo ele deve ser espuço do cargo por imcacidade imcopetencia se ele não sabe os amnimais tem amor no coraçao e dor porisso pra mim é despresivel tem que ter o mesmo fim dos animais se não gosta deixa pra quem gosta si marcelo ou vem fazer isso aqui em mg e vera seu fim se é possivel quero ver vc fazer isso com os meus vem vagabumdo queria ver vc cara á cara eu não teria á menor dó de vc se quer sabe os morto ai que vc assasimou é muito melhor que vc é vc não serve mem pra cuida de vc mesmo sua c apacidade é deproravel sai sai vagabumdocade os direito as outoridade do coverno pra por vc na cadeia e aimda tem a cara de pau de ir numa rede de tv dizer que nada tem com isso e facil jogar aculpa em gente humilde com seus eleitor cada um que apareceu na imagem de tv deveria cumpri prisão isso é um crime fora dor mormal se vc não tem dór não tem coraçaodeve ser um mostro o deio vc aimda bem que numca vou comhecer vc

  17. E curioso que esse crápula prefeitinho de nada, ainda tem coragem de dizer o contrario tendo filmagens para provar os fatos, e os corpos dos animais, esse indivíduo tem que ser preso condenado e cassado todos os direitos politicos sem direito a recursos. lei 9605/98 art 32 nele.

  18. não e só os cães que são transmissores de doenças não e só eles que tem pulgas e carrapatos são tão inocentes quanto a qualquer um, e eles não tem culpa pelo que eles tão pagando ao serem perseguidos e mortos os culpados são o proprio ser humano olha o que essas crianças estão aprendendo caçando os çaes….

  19. Não consigo expressar em palavras o tamanho da minha indignação, como pode uma pessoa matar um animal indefeso e não sentir nada e a ainda aparecer sorrindo como aparece no vídeo acima, então é isso mesmo? toda essa crueldade e frieza, monstruosidade por R$ 10,00 reais , então se o prefeito ordenar que tem muitas árvores na cidade, ou que tem muitos pássaros voando, essas pessoas vão lá e matam como se fosse mais um dia de “trabalho”, agora de uma certeza eu tenho todos esses cães mortos tinham mais coração e sentimento do que esses seres que se dizem “humanos”!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui