Criação da FAADA

ANDA em parceria com ONG espanhola lança cartilha sobre turismo responsável com animais

Todo mundo gosta de viajar, passear, conhecer novas culturas, respirar novos ares. Mas não podemos nos esquecer que muitas vezes o lazer tem um custo que pode ir além do...

348

27/06/2013 às 06:00
Por Redação

Por Renata Takahashi (da Redação)

Todo mundo gosta de viajar, passear, conhecer novas culturas, respirar novos ares. Mas não podemos nos esquecer que muitas vezes o lazer tem um custo que pode ir além do dinheiro. O turismo responsável com os animais é um assunto ainda pouco explorado. Que cuidados devemos ter ao escolher nossos destinos e passeios de lazer, para não financiar e contribuir com o sofrimento e exploração dos animais? Pensando nisso, a ANDA lança no Brasil uma importante campanha informativa de sensibilização, em parceria com a ONG espanhola FAADA (Fundación para la Adopción, Apadrinamiento y Defensa de los Animales), que criou todo o conteúdo do guia e da campanha.

No mundo inteiro são realizadas atividades turísticas envolvendo animais. Nosso distanciamento da natureza na vida cotidiana faz com que estar próximo a outras espécies seja um atrativo de lazer. É importante conhecer os animais, descobrir como vivem no ecossistema para o qual nasceram adaptados, de que se alimentam, como se socializam. Mas nas atividades que se propõe a fazer isso utilizando animais sob justificativas didáticas, ou aquelas realizadas afim de entretenimento, o que vemos são animais em situações lamentáveis. Vivendo longe de seu habitat natural, presos, acorrentados, enjaulados, dependentes de cuidados humanos, sendo forçados a manter comportamentos impróprios de suas espécies.

Assim, ao apoiar tais atividades, ao invés de nos reconectar com a natureza, nos distanciamos ainda mais, arrancando dos animais seu direito de ser bicho. A exploração dos animais para fins humanos acaba por ter um efeito contrário àquele que muitas vezes prega, e contribui para dessensibilizar adultos e, o que é pior, crianças. Os valores transmitidos com o uso de animais para esses fins reforçam a crença de que animais estão aqui para nos servir. Devemos trabalhar para minimizar os impactos da indústria do turismo sobre a natureza e também sobre os animais que, assim como nós, também são parte dela.

Falta de informação que leva à exploração

A ONG espanhola FAADA realiza campanha de conscientização sobre o turismo responsável com animais desde abril de 2011. Os resultados até agora são muito positivos. Segundo Giovanna Costantini, responsável pela Campanha “Turismo Responsable”, e Jennifer Berengueras, coordenadora de projetos da FAADA, aproximadamente 40 agências de viagens e estabelecimentos turísticos já aderiram à campanha. Eles deixaram de oferecer atividades danosas aos animais para os turistas e ainda ajudam a ONG a divulgar o material informativo. Em compensação, a entidade assessora os profissionais e os ajuda a encontrar alternativas éticas e novos caminhos para o turismo.

Giovanna e Jennifer apontam um aspecto interessante sobre o ramo turístico que explora animais. “Na maioria dos casos, os turistas embarcam nessas atividades por pura falta de informação. Quase não existem campanhas para alertá-los. Mesmo os profissionais que atuam diretamente com isso, podem não estar conscientes do mal que causam a vida desses bichos”, afirmam. Elas acrescentam ainda que animais selvagens exercem grande atração sobre as pessoas, que sonham em poder interagir e estar próximas a eles. Essa “paixão” leva a mais exploração, e o resultado é que o setor turístico propõe a cada dia novas formas de exploração de animais. Um grande equívoco que, sem ações de sensibilização, tende a se agravar.

Veja abaixo os temas abordados na cartilha da campanha:

Parceria com a ANDA

A responsável da FAADA pela campanha “Turismo Responsable” declarou que a entidade está muito contente com a parceria com a ANDA. “Esta é uma campanha informativa e sensibilizar o maior número de pessoas é o nosso principal objetivo. Temos certeza que o apoio de uma organização tão reconhecida como a ANDA nos ajudará muito nesse sentido”, diz Giovanna Costantini.

Bons resultados da campanha na Espanha

De acordo com integrantes da FAADA, na Espanha a campanha já apresenta resultados. Desde seu lançamento, diversas revistas e veículos de comunicação publicaram informações sobre o turismo responsável com os animais. Com foco em informar futuros profissionais do setor de turismo, a entidade realizou conferências em universidades e centros de estudos de turismo nacionais e internacionais. A ONG recebe denúncias de turistas do mundo todo, e atua denunciando atividades ilegais ou de exploração animal às autoridades. Apesar da boa aceitação na Espanha, a entidade frequentemente se depara com pessoas que não reconhecem a gravidade que suas atividades implicam sobre a vida dos animais. Não é um trabalho fácil, mas é exemplar e merece ser amplamente divulgado.

Clique aqui para acessar a cartilha. Ajude a passar a mensagem adiante. Os animais agradecem.