Canil municipal de Lagos realiza campanha de castração gratuita, em Portugal


Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

O Canil/Gatil Municipal de Lagos, em Portugal, promove na última semana do mês, uma Campanha de Castração gratuita de cães e gatos. O principal objetivo é o de continuar a controlar o crescimento desta população animal no município.

À semelhança do ano passado, e tendo em conta que a iniciativa superou todas as expectativas, vai ser levada a cabo uma nova campanha de castração gratuita de cães e gatos (machos e fêmeas), entre os próximos 24 e 28 de junho.

De acordo com o veterinário municipal, na campanha promovida em 2012 foram realizadas cirurgias em 146 animais, sendo 50 cães (34 fêmeas e 16 machos) e 96 gatos (51 eram animais em situação de rua e os restantes 45 tinham tutor ou eram alimentados na rua).

A campanha deste ano vai novamente poder contar com a colaboração voluntária dos médicos veterinários que exercem a sua atividade na área do município de Lagos (Heike Rautenberg, Graça Silva, Maria José, Lars Rammquist, Tiago Jesus, Vadin Petruck, James Cagney, Luis Branco e José Carlos Sousa).

Têm prioridade no atendimento, os animais do Canil Municipal que foram adotados desde janeiro de 2010 e que ainda não foram castrados, os animais que estejam ao cuidado de associações, bem como os restantes cujos tutores sejam munícipes com um elevado número de animais.

Os interessados devem efetuar uma inscrição prévia, que começou no dia 17 de junho (entre as 9h00 – 12h00 e 14h00 – 16h00) a formalizar junto da Divisão de Ambiente e Serviços Urbanos da Câmara Municipal de Lagos (Margarida Maurício), através dos telefones 282 771 700 / 912 150 018.

Recorde-se que o Canil/Gatil Municipal de Lagos encontra-se licenciado como Centro de Recolha Oficial de Animais de Companhia do Município de Lagos, desde fevereiro de 2012 (anteriormente funcionava apenas como centro de recolha e alojamento provisório para cães e gatos).

Este equipamento tem, atualmente, capacidade para manter 42 cães e 7 gatos. Com a renovação e ampliação do espaço efetuada em 2008, e com o impulso dado pelas associações locais para a proteção dos animais, estão reunidas as condições para uma adoção efetiva em maior escala, mais informada e consciente, com animais mais socializados.

Fonte: Barlavento


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

CONSERVAÇÃO

MUDANÇAS CLIMÁTICAS

MAUS-TRATOS

HABITATS DESTRUÍDOS

OMISSÃO

ECONOMIA CIRCULAR

DEDICAÇÃO

TECONOLOGIA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>