João Pessoa (PB) instala cem equipamentos de coleta para dejetos de animais domésticos


Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Após recorrentes queixas da população a respeito da sujeira deixada por tutores de animais nas ruas de João Pessoa, a Prefeitura da capital paraibana anunciou a instalação de cem equipamentos para coleta de dejetos na cidade. Os “cocoletores”, nome com o qual as peças foram batizadas pelos internautas, estam disponíveis em praças, pontos turísticos e também na orla da capital desde a última quinta-feira (6).

De acordo com a PMJP, o instrumento tem como objetivo auxiliar os tutores de animais domésticos na remoção dos dejetos expelidos durante o passeio com os bichanos em locais públicos. Em João Pessoa, a Lei 11.880/2010 prevê o pagamento de uma multa no valor de 5 UFIR-JP, equivalente a cerca de R$ 125, aos responsáveis pelos animais que sujarem a cidade.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

De acordo com o superintendente da Autarquia Especial Municipal de Limpeza Urbana (Emlur), Anselmo Castilho, apesar da existência da legislação municipal, as queixas recebidas pelo órgão ainda eram frequentes. “Ouvimos os apelos da sociedade e, com isso, tornaremos João Pessoa a segunda cidade do País a possuir este tipo de equipamento”, ressaltou.

O primeiro “cocoletor” foi instalado no Busto de Tamandaré, orla da capital, na manhã desta quinta. “O cidadão que estiver passeando com seu cãozinho, ao encontrar o equipamento poderá retirar um saquinho que estará acoplado ao mobiliário e, com isso, recolherá os dejetos descartando-os em um recipiente adequado”, explicou o superintendente.

A apresentação do equipamento contou com participação do grupo de teatro Agentes da Alegria. Os arte-educadores acompanharão as equipes de instalação do equipamento nas outras áreas da cidade, realizando panfletagens para orientar a população para utilizar o dispositivo corretamente.

Fonte: NE10


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

ÓRFÃO

ARTIGO

DESACATO

GENTILEZA

DOR E SOFRIMENTO

EDUCAÇÃO

BENEFÍCIOS


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>