Ativistas protestam contra aprisionamento animais no Dia Meio Ambiente


Jovem caracterizado como pássaro preso numa gaiola - Foto: AGN
Jovem caracterizado como pássaro preso numa gaiola – Foto: AGN

“Você viveria preso? Se coloque no lugar deles.” Esses foram alguns dos apelos utilizados pelo vereador Marcell Moraes (PV), ativistas ambientais e protetores de animais durante um protesto realizado em Salvador (BA) nesta quarta-feira (5) contra o aprisionamento de pássaros em gaiolas, manifestação que marcou o Dia Mundial do Meio Ambiente. O ato contou com a presença de guardas municipais que atuam voluntariamente como protetores ambientais na cidade.

Munidos de faixas, placas e cartazes, os ambientalistas tentaram sensibilizar a sociedade sobre os bons tratos aos animais e cobrar das autoridades mais empenho e fiscalização nos crimes ambientais. E o destaque do ato de protesto foi a presença do ativista Marcos Santos, que se fantasiou de pássaro e simulou estar preso em uma gaiola como forma de comover as pessoas sobre como é doloroso viver aprisionado. A atitude chocou muita gente que passava pelo local da manifestação, ocorrida na Avenida Tancredo Neves, próximo ao Salvador Shopping.

“Tá vendo aí mamãe que não pode criar passarinho em gaiola, solta aquele que tem na casa de vovô”, dizia uma criança à mãe, chocada com a imagem.

Autor de mais de 100 projetos de lei e de indicação em benefício dos animais, inclusive o que proíbe a permanência de animais em gaiolas, o vereador Marcell Moraes avaliou a iniciativa como positiva, pois conseguiu sensibilizar uma parte da população sobre os maus-tratos. “Mas ainda há muitas pessoas que não se preocupam com essa causa, por isso que tento ser a voz dos animais e do meio ambiente na Câmara Municipal, pois os bichos não sabem falar como nós, mas também sentem dor, saudade, fome e sofrem com a violência da mesma forma como nós humanos”, declara o vereador.

Fonte: Bahia Já


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

PRESERVAÇÃO

DESESPERO

CONSOLO

CALIFÓRNIA

ANGÚSTIA

COMPANHIA

VIOLÊNCIA INJUSTIFICADA

ASSASSINATO BRUTAL

EXEMPLO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>