Abaixo-assinado

Audiência pública analisa polêmica sobre charretes em Poços de Caldas (MG)

Uma audiência pública debateu na quarta-feira (29), na Câmara dos Vereadores de Poços de Caldas, no Sul de Minas, sobre a continuidade do serviço de passeio de charretes na cidade....

32

03/03/2012 às 09:15
Por Redação

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

(Foto: Reprodução/G1)

Uma audiência pública debateu na quarta-feira (29), na Câmara dos Vereadores de Poços de Caldas, no Sul de Minas, sobre a continuidade do serviço de passeio de charretes na cidade. Vereadores, moradores e charretistas participaram da discussão.

“Foi uma audiência bastante pacífica. Ouvimos as propostas de melhorias e agora marcaremos novas reuniões com o Grupo Independente em Defesa dos Animais e com a Associação dos Charretistas para tomar a melhor decisão para a população e para os cavalos”, informa o vereador Thiago Cavelagna, idealizador da audiência.

A polêmica começou em dezembro do ano passado, quando fotos de um cavalo exausto logo após puxar uma charrete gerou indignação na cidade. As imagens, que ganharam repercussão em redes sociais, mostram o animal deitado no chão após um dia todo sem descanso puxando o veículo de tração. As charretes, usadas para passeios turísticos, são tradição em Poços de Caldas.

O Grupo Independente em Defesa dos Animais iniciou um manifesto pedindo o fim do passeio de charrete na cidade. Dois abaixo-assinados com 554 assinaturas circularam na internet. Um deles pede o fim das charretes e o outro quer que várias exigências sejam cumpridas para garantir a saúde dos animais. Os documentos foram encaminhados para o prefeito Paulo César Silva e para a Câmara dos vereadores.

Na ocasião, o fiscal da Associação dos Charretistas de Poços de Caldas, Luiz Carlos Jonas, disse que as regras de descanso dos animais sempre foram seguidas e que o caso foi uma exceção.

Para reverter o ocorrido, a Vigilância Sanitária propôs um projeto para melhorar o serviço e sugeriu um trabalho conjunto de vários setores da comunidade.

Assista à reportagem aqui.

Fonte: G1

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.