"Designer" alemã cria sapatos femininos feitos com partes de animais


por Robson Fernando de Souza (da Redação)

Embora atualmente a moda esteja optando crescentemente pelo abandono de produtos de origem animal, alguns insistem em ficar estagnados no tempo e continuar tratando animais como produtos ou fontes de matéria-prima. Entre os “artistas” que persistem nessa conduta que se aproveita da morte violenta de tantos animais, destaca-se aqui a “designer” alemã Iris Schieferstein, que confeccionou modelos feitos com patas de cavalo, cobras e pombos.

Um dos sapatos fabricados pelo "designer". Foto: Reprodução/O Dia Online

Schieferstein obtém sua “matéria-prima” morta em um açougue local, em Berlim. Para retirar o restante de carne e ossos das partes dos animais mortos, ela leva cerca de uma semana. Em seguida o couro recebe tratamento para ficar preservado e, no final, o modelo de sapato está criado.

A “artista” cobra caro por cada par de sapatos, custando alguns modelos até 3.900 euros, cerca de R$11.500. Lady Gaga, a mesma do vestido de carne, recebeu dela um par de sapatos feitos com patas de cavalo.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

ASCENSÃO

GRATIDÃO

INDEFESAS

VIDA NOVA

ETERNIZADO

AÇÃO SOCIAL

AMOR


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>