Aumenta interesse acadêmico sobre direitos animais, nos EUA


Por Lobo Pasolini (da Redação)

(Foto: Divulgação)

Se o New York Times diz, deve ser oficial. Um número cada vez maior de cursos sobre a relação entre humanos e não humanos está sendo oferecido nos Estados Unidos.

O New York Times publicou uma matéria sobre o assunto e disse que trata-se de uma nova área em formação que por enquanto está sendo definido pelo termo genérico de ‘estudos animais’. Já existe até uma sigla para se referir a esse novo campo: HAS (Human-Animal Studies).

Segundo Marc Bekoff, um professor emérito de ecologia e biologia evolucionária na University of Colorado, o campo inclui “qualquer coisa que tenha a ver com o modo que os humanos e animais interagem”. Isso cobre várias disciplinas: arte, literatura, sociologia, antropologia, filme, teatro, filosofia, religião, entre outras.

O Animals and Society Institute, que existe há seis anos, lista mais de 100 cursos em faculdades e universidades americanas que se encaixam sob o amplo leque de estudos animais. Institutos, séries de livros e conferências têm proliferado. Programas acadêmicos formais têm aparecido.

Uma das principais publicações que surgiram nesta nova leva acadêmica, que é claramente uma resposta a esse movimento social que cresce em todo o mundo, é o Journal for Critical Animal Studies, publicado pelo Institute for Critical Animal Studies, uma organização que promove discussões profundas, de um ponto de vista vegano, sobre a relação entre humanos e não humanos.

A diferença entre esse novo academicismo voltado aos animais e o que existia antes é que agora os animais são vistos como agentes morais e de direito. Ela deixa para trás a abordagem antropocêntrica que regulava discussões anteriores nas quais os animais eram mais objetos do que sujeitos.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

AMOR

RIO DE JANEIRO

ALTERNATIVA VEGANA

GENEROSIDADE

REABILITAÇÃO

EMPATIA

RECEPÇÃO

FINAL FELIZ


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>