Homem viaja e ave silvestre é descoberta em sua residência


A ave foi encontrada faminta e desidratada (Foto: Divulgação)

Policiais militares ambientais resgataram nesta segunda-feira um papagaio que estava sem água e sem comida há vários dias em uma casa no bairro Vila Izanópolis em Cassilândia, há 338 km de Campo Grande (MS). Segundo a Polícia Militar Ambiental (PMA), que chegou ao local após receber denúncias, o tutor do animal havia viajado.

Os agentes encontraram a ave dentro de uma gaiola nos fundos da residência. Os vizinhos relataram que o papagaio estava há dias no local sem receber alimento.

Para poder entrar no imóvel e realizar o resgate, os policiais tiveram de serrar uma corrente que trancava a porta da cozinha. De acordo com a PMA, a ave estava faminta e desidratada. Ela foi encaminhada ao Centro de Reabilitação de Animais Silvestres, em Campo Grande, onde recebe tratamento.

Segundo a polícia, o tutor, ao voltar da viagem, será responsabilizado pelo crime ambiental de manter animal silvestre em cativeiro e, possivelmente, por maus-tratos. Se condenado, poderá pegar pena de seis meses a um ano e meio de prisão pela criação e de mais três meses a um ano por maus-tratos. Ele também recebeu multa administrativa de R$ 1 mil.

Fonte: Terra


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

DOR E SOFRIMENTO

DESUMANIDADE

AGRESSÃO BRUTAL

INDÚSTRIA CRUEL

ECONOMIA

AMEAÇA DE EXTINÇÃO

ACIDENTE


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>