A apresentadora Martha Stewart mostra crueldades praticadas contra os animais criados nas fazendas


Por Jake Richardson (Care2)
Tradução e adaptação por Karina Ramos (da Redação)

Foto: Oudeís/ Wiki Commons

A apresentadora americana Martha Stewart fez um vídeo com a ONG americana Farm Sanctuary sobre as crueldades cometidas contra os animais nas grandes fazendas de criação. Ela fala sobre os 9 bilhões de animais por ano que sofrem esses maus-tratos.

Veja o vídeo:

Muitos podem se surpreender com a atitude de Martha, que costuma falar em seu programa de TV apenas sobre culinária e decoração. Recentemente Martha apresentou um “Show Vegano” com um dos fundadores do Twitter, Biz Stone, em que ele a ajudou a preparar uma receita sem carne na cozinha do set de gravações. Em um determinado momento, chegaram a mencionar uma cobra que tem 100 mil seguidores no Twitter. Essa informação pode até parecer inconsequente, até você considerar que, de certa maneira, o programa todo é sobre uma visão equitativa do mundo que não domina nem consome animais.

Sendo assim, podemos dizer que Martha se tornou vegana? Não, ela ainda come carne. Aparentemente de sua própria fazenda ou de pequenos fazendeiros, e não de grandes produtores.

A perspectiva de Martha é bem-estarista. Acho recomendável que ela esteja trabalhando com a Farm Sanctuary para falar sobre a quantidade massiva de animais nas grandes fazendas que sofrem abusos e vivem em péssimas condições. Mas também fico imaginando por que ela não faz um esforço para se tornar ao menos vegetariana, pois criar animais para o consumo também é cruel, mesmo que vivam em melhores condições pelo pouco tempo de vida que têm antes de irem parar nos pratos.

A crueldade com animais é uma das razões para deixar de comer carne. Mas há muitas outras. Só para citar um exemplo relacionado ao assunto, mais de 50% de todas as emissões de gases de efeito-estufa originadas pelos seres humanos vêm da criação de animais de fazenda.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

VEGANISMO

PRESSÃO PÚBLICA

RESILIÊNCIA

RECOMEÇO

FINAL FELIZ

RECIFE (PE)

RECOMEÇO

CONSCIÊNCIA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>