Cientista britânico afirma que cachorros podem se comunicar telepaticamente


Foto: Reprodução/SRZD

Algumas pessoas acreditam que conseguem manter uma relação tão forte com seus animais que poderiam entender a vontade deles, assim como o animal entender quando o tutor está triste, feliz ou bravo, mesmo sem grandes demonstrações de humor. Para um cientista britânico, a ideia faz todo sentido no caso dos cães, já que eles teriam a capacidade de se comunicar telepaticamente.

O cientista Rupert Sheldrake, da Universidade de Cambridge, bateu de frente com a grande maioria dos cientistas e desenvolveu a teoria de que os os cachorros teriam a capacidade de formar uma conexão telepática com seus tutores.

A partir disso, Sheldrake elaborou uma experiência em que monitorou os impulsos de uma mulher enquanto fazia compras. O mesmo foi feito com seu cachorro, que ficou em casa. Em um momento aleatório, o cientista pediu que a mulher voltasse para casa.

Cerca de onze segundos após o comando do cientista à mulher, o cachorro se levantou e foi para a porta de entrada da casa, onde aguardou a tutora até que ela chegasse. Os passos da pesquisa foram registrados no relatório do cientista.

Segundo Sheldrake, os cães e seus tutores estão conectados, mesmo à distância, pelo que ele chama de campo amórfico, um tipo de elástico invisível que uniria os impulsos cerebrais dos envolvidos. Ainda assim, a maioria dos cientistas não deu muita atenção às pesquisas do britânico, afirmando que o comportamento do animal pode ser explicado por hábitos ou ansiedade.

Fonte: SRZD


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

SAÚDE

GOIÁS

NOVA JORNADA

HONG KONG

AFETO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>