Degelo no Ártico ameaça vida de ursos polares, alertam russos


Sobrevivência da espécie estaria ameaçada por aquecimento global (Foto: AFP)

O crescente degelo do Ártico, provocado pelo aquecimento global, ameaça a sobrevivência dos ursos polares, advertiu neste domingo o Centro Hidrometeorológico da Rússia (CHR). Segundo os dados recolhidos pelas estações científicas, a massa total dos gelos árticos sofreu uma redução de 55% em comparação com a média registrada nos anos 80 e 90. “Este processo afeta, inclusive, as camadas de gelo mais antigas e mais grossas”, apontam os especialistas russos.

“Além de problemas evidentes, como o aumento do nível dos oceanos, o crescente degelo traz consigo outro perigo: a redução da população de ursos polares”, afirma o CHR. Atualmente, a população desta espécie está estimada entre 20 mil e 25 mil.

Em sua nota, o CHR também destaca que os cientistas possuem opiniões diferentes sobre as perspectivas de sobrevivência do urso polar. Para alguns especialistas, se o homem não assumir o controle da situação, o degelo do Ártico deverá desencadear a extinção do urso branco em pouco tempo.

No entanto, outros preveem que a formação de uma espécie de “oásis de gelo” próximo da Groenlândia evitará a extinção dos ursos brancos.

Em ambos os casos, acrescenta o CHR, as consequências da mudança climática nas regiões polares devem superar qualquer previsão e desencadear impactantes transformações globais, incluindo nas espécies animais.

Fonte: Terra


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

CONSCIENTIZAÇÃO

SOLIDARIEDADE

NOVOS LARES

RIO CLARO (SP)

EXTINÇÃO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>