Titã, o cãozinho que foi enterrado vivo, faz amizade com cadelinha


Titã abana o rabo para a cadela Cacau, sua mais nova melhor amiga (Foto: reprodução/R7)

O cãozinho Titã, que foi enterrado vivo no interior de São Paulo, recuperou-se bem da agressão que sofreu, ganhou uma nova tutora e agora está até namorando. “Ele está apaixonadinho por ela”, conta a veterinária Viviane Cristina da Silva, referindo-se à afinidade de Titã com a cadela Cacau, também tutelada por Viviane. A veterinária virou símbolo de proteção aos animais, após adotar o cãozinho.

Nem os mais otimistas acreditavam em uma recuperação tão rápida do animal. Há pouco mais de um mês ele foi encontrado enterrado em um buraco e dado como morto.

Na clínica veterinária ele recebeu todos os cuidados e tratamentos, além de muito amor e carinho.

Hoje animado e brincalhão, o cãozinho vive como um herói e é muito querido por todos na cidade de Novo Horizonte.

Assista ao vídeo da reportagem:

Fonte: R7


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

MAUS-TRATOS

PROTEÇÃO ANIMAL

INESPERADO

ASCENSÃO

GRATIDÃO

INDEFESAS


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>