Petição pede punição severa para mulher que confessou matar mais de 30 animais em SP


(da Redação)

39 gatos e cachorros foramencontrados mortos dentro de sacos de lixo na zona sul de SP (Foto: Reprodução/ Folha)

Uma petição online criada recentemente reivindica a aplicação de punição máxima para a mulher que confessou ter matado mais de 30 animais em SP.

Dalva Lina da Silva, de 42 anos, moradora da Vila Mariana, em SP, foi flagrada por um detetive colocando pacotes contendo corpos de animais na calçada de sua  casa. Ele contatou os protetores, que chamaram a Polícia Militar. A mulher de 42 anos foi então detida, sob suspeita de matar 39 cães e gatos. No entanto, depoimentos de vários protetores, vizinhos e do detetive apontam que o número de animais mortos é imensamente maior do que o encontrado na noite do flagrante. Estima-se que cerca de 30 mil animais possam ter sido vítimas de Dalva.

Leia matéria completa sobre o caso, clicando aqui.

Mobilização nacional

No próximo domingo, dia 22 de janeiro, ativistas e simpatizantes da causa animal se reunirão em uma grande mobilização nacional para protestar contra a impunidade e os maus-tratos aos animais. A ideia central do encontro é pedir uma reforma nas leis brasileiras, de forma a garantir punições severas para crimes praticados contra os animais.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

FINAL FELIZ

CRUELDADE

CRISE ECONÔMICA

SINERGIA

MAUS-TRATOS

MAUS-TRATOS

PROTEÇÃO ANIMAL


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>