‘Madre Teresa dos cães' corre risco de ser despejada


Maria José Cautela nem quer pensar na possibilidade de ter de se separar dos animais (Foto: Reprodução/Correio da Manhã)

Maria José Cautela, escriturária, não consegue encontrar uma solução que permita afastar do risco de abandono dos 80 cães e 20 gatos que vivem consigo, numa quinta arrendada, no Pinhal Novo, concelho de Palmela.

O dono da quinta, Alfredo Moreira, disse ao Correio da Manhã que reclama, há um ano, a entrega da propriedade e ameaça a escriturária com uma ação de despejo. “Não sei o que fazer. Todos estes animais vieram para aqui por estarem abandonados. Os animais estão castrados, tratados e vacinados por veterinários meus amigos. Faço isto para que possam viver os últimos anos com algum conforto”, refere Maria José Cautela. “Tenho em vista uma quinta, mas são necessários cinco mil euros para a vedação e eu não tenho esse dinheiro”, acrescenta.

Com quatro filhos e cinco netos, é conhecida no Pinhal Novo como ‘Madre Teresa dos cães’. “Por mês gasto em ração 700 euros e 50 de água. As pessoas são solidárias”, conta. Mas com a crise, reconhece que há mais cães abandonados. “Há dois meses lançaram de madrugada um cachorro pelo portão. Felizmente já encontrei um tutor”, acrescenta Maria José.

Fonte: Correio da Manhã


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

ÍNDIA

RESGATE

ASFIXIA

NECROPSIA

SAUDADE

MAUS-TRATOS

FAMINTOS


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>