Por Débora Cissoto (da Redação)

Alguns fatos acontecem para provar que milagres existem. Ainda que, para alcançá-lo,  se passe por momentos muito difíceis. Na semana do Natal, a ANDA ajudou mais uma vez a transformar uma história triste em um emocionante milagre.

Toddynho, como é carinhosamente chamado pelas tutoras, está se recuperando numa clínica veterinária. Foto: divulgação

Toddy, um cão da raça cocker spaniel, de 15 anos de idade, estava desaparecido de sua casa, no bairro da Vila Maria em São Paulo, há quase cinco anos. Depois de muito sofrer, o cãozinho foi encontrado e resgatado nas ruas da cidade de Embu pela protetora Elizabeth Sarran, bem longe de sua casa.

O cão já é idoso e está com problemas graves de saúde, mas isso não o impediu de reconhecer sua tutora no reencontro.

História

Toddy foi criado por Renata e sua irmã, Roberta, desde os três meses de idade. O cão foi doado por uma amiga da mãe das tutoras, que havia falecido. Ele trouxe uma nova energia para a família e, aos poucos, foi conquistando um espaço importante dentro do lar, com seu jeito amoroso e brincalhão.

Em 2007, Renata recebeu uma ligação inesperada de seu pai, dizendo que o cão havia sumido. Foi procurado no bairro e não o encontraram. Não se sabe se foi uma fuga, já que o portão era baixo, ou se ele foi levado por uma pessoa de má índole, devido à sua evidente beleza.

Renata e Roberta se viram desesperadas e desoladas. O companheiro fiel, que havia trazido inúmeros momentos de felicidade, principalmente nas ocasiões em que a família se encontrava vulnerável, havia desaparecido. Isso fez com que as irmãs não conseguissem mais dormir direito, pensando sempre sobre como o Toddy estaria. ” A gente ficava imaginando se ele sentia frio, se estava comendo ou sofrendo maus-tratos, e como viveria na rua ou em um lugar diferente após tantos anos convivendo com a nossa família”, desabafou Renata Sprega.

Após o desaparecimento, não tiveram mais notícias do Toddy, até que Renata, que já curtia a fan page da ANDA no Facebook , viu o link da matéria que tornaria o  Natal de 2011 inesquecível.

“A reportagem informava sobre um cocker idoso abandonado em estado crítico na região de Embu. Ao ver a foto divulgada na matéria, eu soube que aquele era o meu Toddy”, disse ainda emocionada, Renata.

Ela diz que o reconheceu pois ele é diferente, que suas características são inconfundíveis, como a sua pelagem brilhante e a franja lisa. “Eu tive ainda mais certeza quando notei que ele ainda estava com a coleira que usava quando fugiu”, completou.

Toddy recebe agora todo o carinho de suas tutoras. Foto: divulgação

Dominada pela ansiedade, Renata entrou em contato com sua irmã Roberta, pedindo para que olhasse a matéria no site. Após as duas terem reconhecido por foto, elas começaram a buscar mais informações sobre o paradeiro do cão. Renata, com muitas esperanças, espalhou notícias pelas redes sociais, comentou no site da ANDA e, graças a essa divulgação, ela conseguiu contato com pessoas que a auxiliaram na busca de seu cãozinho. Ela trocou e-mails com a protetora Elisabete Sarran, que informou onde o animal estava internado e sobre seu estado de saúde.

No dia seguinte, Renata foi até a clínica para onde o animal havia sido encaminhado e, ao chegar, seu nervosismo se transformou em alegria quando ela constatou que aquele cão de pêlo bonito da foto era de fato o seu Toddy.

O reencontro foi cheio de emoção. Renata chorou muito, passou mal e teve que ser amparada. O cãozinho a reconheceu e, mesmo muito debilitado e frágil, ele abanou o rabo e deitou a cabeça no peito dela, como se estivesse aliviado e em paz ao rever sua tutora.

O cãozinho já foi apresentado a Maria Clara, sobrinha da Renata Sprega. Foto: divulgação

Toddy continua internado na clínica veterinária devido ao seu delicado estado de saúde. Por causa do tempo que passou sem cuidados, está fraco e desidratado, precisando tomar soro o dia todo. Foram realizados exames de sangue e  constatado que ele tem uma grave anemia que seria consequência de problemas renais crônicos desenvolvidos devido à idade. Ele ainda sofre com dois tumores na pata dianteira, sendo que um deles está próximo do corpo. Porém, isso não o impede de expressar sua felicidade diante das tutoras. O veterinário responsável afirmou que é preciso esperar o quadro clínico dele se estabilizar para obter mais informações sobre esses tumores.

Para a felicidade  de Renata e Roberta, o cão vem apresentando melhora diariamente, já está comendo, e pode voltar temporariamente para a casa das irmãs, no sábado. Toddy poderá agora contar com o carinho, amor, dedicação e atenção de suas tutoras, 24 horas por dia.

Nota da Redação: A redação da ANDA fica extremamente feliz com histórias como essa. É pelo Toddy e todos os animais que trabalhamos diariamente. Muitos animais são encontrados após divulgação no nosso site, e esses finais felizes nos dão força e energia para continuarmos trabalhando. Desejamos que o Toddy se recupere logo e que curta ainda bons anos com sua família.

74 COMENTÁRIOS

  1. Não consigo parar de chorar, chego a soluçar. Que todas as notícias divulgadas pela ANDA sejam, aos poucos, transmutadas de ruins,para aquelas que forem semelhentes a esta. Nada melhor para nos dar alento na virada do Ano Novo.

    É por isso que eu tenho a ANDA como a personificação do ANJO DA GUARDA dos animais de todo o Brasil, e até mesmo do mundo, pois não existem fronteiras para o BEM e para o jornalismo dos que protegem a VIDA em todos os seus aspectos.

    E que venha 2012, com mais e mais notícias boas!!! 🙂

  2. Ainda estou chorando….realmente um milagre de final de ano…Muita emoção! Acredito que Deus esteve sempre ouvindo o Todynho e realizou seu pedido de Natal. Saúde e esperança é o que desejo para a família unida. Obrigada ANDA…Vocês merecem muito…

  3. QUE NOTÍCIA MARAVILHOSA, E QUE SEJA APENAS UM PRENÚNCIO DAS MARAVILHOSAS NOTÍCIAS QUE SE SEGUIRÃO POR ESTE NOVO E ABENÇOADO ANO QUE ESTÁ NASCENDO, PARABÉNS À ANDA, QUE FOI O VEÍCULO CONDUTOR DESTE FINAL FELIZ, À PROTETORA ELIZABETH SARRAN QUE LHE DEU UMA IMPORTANTE CHANCE E CUIDOU DELE, AO VETERINÁRIO QUE ESTÁ SE EMPENHANDO PELA SAUDE DESTE ANJO, PELAS MENINAS QUE AMAM E CUIDAM DO TODDYNHO COMO FILHO E A ESTE LINDO GAROTINHO IDOSO QUE LUTOU PELA PRÓPRIA VIDINHA E SAIU VITOROSO, POIS SÓ DEUS PRA SABER AS DIFICULDADES ENFRENTADAS POR ESTE MENINO NAS RUAS, O QUE DEVE SER TERRIVELMENTE DIFÍCIL.

  4. Que linda história!!!! Me emocionei no decorrer da leitura…… Muito feliz por ter certeza q essa luta não é em vão……..Graças a Deus ele poderá ter ajuda e carinho agora!
    Parabéns pelo maravilhoso trabalho……… que 2012 possamos ler mais histórias emocionantes como esta e menos em relação à maus tratos!!!!!!

  5. estou em lágrimas…na ultima sexta-feira antes do Natal eu já tinha ligado para a D.Maria em Embu e iria adota-lo…qdo vi a msg da Renata no face foi um misto de alegria por ele ter encontrado sua verdadeira familia…e uma dorzinha …pq já o via na minha casa com meus outros 3 peludos…rs…isto sim que é u milagre !! um Natal destes é pra ser comemorado d+…estamos torcendo pela recuperação do Toddy!!!

  6. Estou chorando de tanta emoção, que maravilhoso reencontro! Parabéns a todos os envolvidos nesse evento tão incrível e que Deus proporcione mais momentos como esse , um Feliz Ano Novo cheio de vitórias em nossa eterna luta em prol de nossos amados filhos assim como o Toddy!

  7. É muito emocionante vê uma historia como essa, acredito que o amor realmente vence barreiras e transpassa as dificuldades do dia a dia. Imagine o quanto ele queria encontrar seus donos e o quanto seus donos queriam encontra-lo. O pensamento fez com que forças e energias se unissem em um só proposito UM VERDADEIRO PRESENTE DE NATAL.

  8. Essa noticia linda me enche de esperança. Há cinco meses sumiu, da mesma forma, o nosso cãozinho poodle de onze anos, que atendia por Lucky, na cidade de Canoas, RS. Hoje acordei pensando na possibilidade de alguns milagres: ele pertencia a minha mãe idosa, com 82 anos, que hoje está no hospital no aguardo de uma cirurgia. Minha mãe nunca mais foi a mesma depois de perder o Lucky, perdeu entusiasmo, perdeu a alegria. Sei que um milagre, semelhante ao da recuperação
    do Toddy, seria o remédio mais eficiente para ela nesse momento. Peço que 2012 traga um milagre como esse nas nossas vidas e na vida de todos que tem amor no coração. Feliz 2012!

  9. História comovente, e todo o mérito desse milagre vai para as protetoras, afinal após 5 anos desaparecido quem efetivou o milagre foram elas que encontraram resgataram esse lindo.
    É assim que ” milagres” acontecem, quando assumimos responsábilidade. Agradeçam sim e muito e reconheçam o trabalho maravilhoso das protetoras.
    Vida longa e sorte a esse FOFO.

  10. Graças à Deus, um “final” recomeço feliz!
    Nós que vemos e vivemos as agruras por que passam os abandonados da sorte ficamos enternecidos diante de um verdadeiro milagre de natal.
    O amor tudo pode, tudo vence.
    Felicidades para Toddy e sua família! Louvado seja Deus, amém.

  11. Pois é enquanto alguns tutores abandonam seus cãezinhos doentes por não querer terem despesas, encontarmos essas irmãs após cinco anos recuperando seu animalzinho fragilizado pelo abandono, quantos não virariam as costas por saberem que está doente!!!!Parabéns a essas irmas…que ele fique bem para proporcionar muitas alegrias a suas tutoras…que viva por muitos anos!!!!!!

  12. Que história Linda … Muito bom ver isso que tem pessoas boas ainda nesse Mundo , afim de ajudar o povo , os animais …. Muito emocionante essa história , algumas lagrimas sairam do meu olho hehe – eu fico imaginando a Felicidade do cãozinhoo e das donas dele !

  13. Olá Pessoas do BEM!!!!
    Eu não poderia deixar de passar por aqui para agradecer a todos pelos comentários amorosos e pelas orações feitas para o Toddy!!!
    gostaria ainda de agradecer primeiramente e acima de TUDO a senhorinha que o encontrou lá em EMBU, a Dona Maria!!! Ela é uma Sra. que ajuda os animaiszinhos abandonados e mau tratados de rua e sempre os recolhe ou chama ajuda e foi isso que fez qdo viu meu Toddy na rua em estado miserável!! Arrumou ajuda!! E foi assim que a Elisabete Sarran, esse outro anjo apareceu e o resgatou para a clinica e divulgou a notícia no site da ANDA!!!!
    E foi graças a essa divulgação da ANDA que pude reencontrar meu cãozinho amado!!!!! Que saudades dele gente!!! o que sinto é algo indescritível e inexplicável!!!! Só Deus mesmo para explicar o que aconteceu, pq eu não tenho palavras para explicar esse encontro!!!
    Só tenho a agradecer a Dona Maria lá de Embu, a Leuda de Moura do CCZ de EMbu, e a Elisabete Sarran que o resgatou e divulgou a matéria do meu Toddynho!!!
    Obrigada a todos pelas orações e pela torcida!!!! Vamos continuar orando pela recuperação completa do meu fofo gente!!!! Obrigada, obrigada e obrigada!!! Beijos e lambeijos!!!!