Kate Middleton se recusa a participar de matança anual de pássaros


Photo: Digital Spy

Por Lobo Pasolini (da Redação)

Dia 26 de dezembro é conhecido na Inglaterra como Boxing Day. É também um dia em que tradicionalmente os aristocratas saem para caçar, inclusive a família real, que segue uma tradição de matar pássaros a tiros nesse dia.

Mas Kate Middleton, que se casou com Prince William em 2011, se recusou a participar deste ritual macabro neste seu primeiro natal como esposa real. Assim fazendo ela seguiu os passos de sua falecida sogra Lady Di, que também não gostava de ‘esportes de sangue’. As informações são do jornal Digital Spy.

“A família real sempre teve dificuldade de se ajustar a novos valores sociais”, disse Ingrid Newkirk, presidente da PETA. “Nós estamos felizes que Kate escolheu não participar neste derramamento de sangue anual”, acrescentou a League Against Cruel Sports, uma ONG muito conhecida na Inglaterra.

Nota da Redação: Em outros momentos a princesa Kate já foi flagrada com uma espingarda caçando gansos. Esperamos que ela nunca mais faça parte dessa prática covarde, cruel e assassina.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

DESAMPARO

COVARDIA

APOIO COLETIVO

MISSÃO

SÃO SEBASTIÃO (SP)

DEMANDA CRESCENTE

CRISE CLIMÁTICA

CRUELDADE

ALERTA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>