Janet Jackson é eleita uma das celebridades menos "amigas dos animais"


Foto: Reprodução/Internet

O Peta, entidade que defende o tratamento ético dos animais, elegeu Janet Jackson como uma das três celebridades menos amigas dos animais de 2011.

Ela recebeu o prémio por conta de seu guarda-roupas, “cheio de peles roubadas de animais que estão tão mortos quanto seu gosto por moda (para não mencionar sua carreira)”, definiram, em nota publicada em seu site oficial.

A organização ainda brinca com o episódio em que Jackson mostrou um seio, durante um show no Super Bowl: “Ao menos a carne que saiu para fora da roupa era dela mesma”.

A socialite Kim Kardashian e o diretor de cinema Cameron Crowe foram os outros dois vencedores do “Grinch of 2011”, referência ao personagem mal-humorado criado pelo Dr. Seuss. O Peta critica Kim por ela ter aparecido na mídia diversas vezes usando peles de animais.

Já Crowe foi “premiado” por conta de seu último filme, “Compramos Um Zoológico”. Para a entidade, o diretor deveria ter usado animais criados em computador, pois animais “atores” são “rotineiramente negligenciados”. “Explorar animais vivos para contar uma história sobre salvamento de animais? Ao menos ‘Tudo Acontece em Elizabethtown’ não será seu único fracasso criativo”, ironiza o Peta.

Fonte: Angola Press


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

FINAL FELIZ

DOR E SOFRIMENTO

DESUMANIDADE

AGRESSÃO BRUTAL

INDÚSTRIA CRUEL

ECONOMIA

AMEAÇA DE EXTINÇÃO

ACIDENTE


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>