Enfermeira que matou cachorro não terá registro cassado, diz Conselho


Coren-GO alega que o ato não foi cometido no exercício da profissão.

O Conselho Regional de Enfermagem de Goiás (Coren-GO) lamentou a ação da enfermeira que aparece nas imagens divulgadas na internet agredindo um cachorro da raça yorkshire em Formosa, cidade goiana no Entorno do Distrito Federal. Em nota divulgada nesta terça-feira (20), o Coren informou que não cassará o registro da mulher.

Agressão
Imagens divulgadas na internet na última semana mostram a enfermeira de 22 anos agredindo um cachorro na frente da filha. As cenas geraram revolta. A mulher foi ouvida nesta terça-feira (20) e afirmou à polícia estar arrependida pelo que fez. O Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (Ibama) aplicou multa de R$ 3 mil à enfermeira. A Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) também investiga se a criança que aparece no vídeo foi vítima de alguma agressão.
saiba mais

“O Coren Goiás lamenta a tamanha brutalidade praticada contra animal recentemente veiculado pelos meios de comunicação e, assim como todos, espera que o caso seja investigado pelo órgão competente e que se chegue a verdade do fato. Independente de qual seja a profissão, acreditamos que os atos de violência praticados por cidadãos comuns contra animais é degradante e deve ser apurado e aplicado as penalidades cabíveis de acordo com a lei própria. Entretanto, o campo de atuação de investigação e qualquer tipo de punição por parte do Coren Goiás estão estritamente ligados a infração cometida no exercício profissional.”

Fonte: G1


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

PRESERVAÇÃO

DESESPERO

CONSOLO

CALIFÓRNIA

ANGÚSTIA

COMPANHIA

VIOLÊNCIA INJUSTIFICADA

ASSASSINATO BRUTAL


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>