ONG se pronuncia em relação à situação de cavalos explorados em NY


Por Natalia Cesana  (da Redação)

A atriz Lea Michele defende o fim dessa prática cruel (Foto: Reprodução/PETA)

Conforme noticiado pela ANDA, outro cavalo que puxava charrete por Nova York passou mal e caiu na rua, neste final de semana. O porta-voz da Associação de Cavalos e Charretes da cidade atribuiu o ocorrido ao fato de que “é muito comum que os animais prendam os cascos em solos irregulares”.

Considerando que quatro cavalos tiveram um colapso – e um morreu – é ultrajante que a cidade de Nova York continue minimizando os riscos.
A atriz Lea Michele, do seriado Glee, tem defendido o fim da prática.

No depoimento gravado para a ONG PETA, ela diz: “Imagine por um momento que você tenha um trabalho físico muito difícil para fazer e que ele dure os sete dias da semana, sem descanso, não importa o tempo que faça lá fora. No fim do dia, em vez de descansar, você é trancado em um quarto apertado por toda a noite. É isso que acontece com os cavalos que puxam charretes em Nova York. Além de serem obrigados a andar quilômetros para entreter turistas no meio do trânsito perigoso e da poluição da cidade, estes cavalos são abrigados em edifícios que não foram projetados para recebê-los. Eles têm cãibras e não conseguem descansar o tempo necessário.”

A PETA solicita ainda que as pessoas peçam ao Conselho Municipal para votar “Sim” à proposta que substituirá os animais por carros sustentáveis, antes que mais cavalos morram no meio das ruas.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

VIDAS PERDIDAS

DEDICAÇÃO

SOFRIMENTO EMOCIONAL

DOÇURA

AÇÃO HUMANA

JAPÃO

FINAL FELIZ

POLUIÇÃO SONORA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>