Flagrante de canibalismo de ursos-polares é alerta sobre aquecimento


Urso polar macho carrega carcaça de filhote morto: canibalismo estaria aumentando em razão do aquecimento global. (Foto: Jenny E. Ross)

Fotos de um flagrante de canibalismo entre ursos-polares divulgadas durante reunião nesta semana da União Americana de Geofísica estão sendo consideradas um sério alerta sobre os efeitos do aquecimento global na vida animal. Embora os ataques a integrantes da própria espécie não sejam novidade entre os ursos-polares – um estudo de 1985 listou relatos de casos datados desde 1896 -, sua frequência estaria aumentando por causa da pressão do clima.

Captadas pela fotojornalista Jenny Ross, as imagens mostram um urso-polar macho adulto carregando um filhote morto no arquipélago de Svalbard, na Noruega. Pouco depois, o urso se afastou do grupo de observadores e devorou a carcaça do filhote. Segundo o pesquisador Ian Stirling, da Environment Canada, a dieta primária dos animais é composta por focas, normalmente capturadas quando sobem para respirar em buracos e espaços entre os blocos de gelo flutuante no Ártico. Durante os últimos verões, no entanto, o gelo tem desaparecido completamente em algumas regiões do Ártico, dificultando o trabalho dos ursos e fazendo-os procurar por alternativas para se alimentarem, inclusive o canibalismo.

Fonte: O Globo


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

AMOR CANINO

FAKE NEWS

GANÂNCIA

SEQUESTRO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>