Vilões


Quem ama os animais, odeia seus inimigos. Podem vir com explicações racionais do tipo “isso é importante para a ciência” ou “ele precisa de um sustento para a família”. Não adianta. Esse ódio é visceral.

Quais os vilões mais “populares” no reino da defesa dos animais?

1)    Quem vive de explorar animais em espetáculos, “tradições culturais”, circos e outras aberrações.

2)    Os cientistas que nos chantageiam com a conversa de que animais devem ser supliciados em laboratórios em experimentos cruéis.

3)    A cadeia econômica que começa no peão e acaba nos dono de frigoríficos e ate ministros de estado que justificam a vida de horrores por que passam animais de rebanho e granjas. “A gente produz a riqueza do Brasil e alimenta milhões de seres humanos” é a conversa deles.

4)    A outra cadeia econômica que passa por estilistas de ego inchado e passa por gente que arranca a pele de animais vivos, se isso der lucro para a indústria de moda.

Qual meu vilão “favorito”? Difícil escolher. Mas eu tenho uma repulsa especial por traficantes da vida selvagem. Esses caras que enfiam passarinhos em tubos de PVC e os embarcam em malas dentro de ônibus. Ou que (como a ANDA noticiou esses dias) embalam uma iguana numa caixa de papelão e a remetem por SEDEX.

E para você, qual o pior vilão?


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

AVANÇO

COMPORTAMENTO

'SAVE RALPH'

ÍNDIA

REVOLTA

AÇÃO SOCIAL

MÉXICO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>