Paul McCartney posiciona-se contra medida que proíbe opções veganas nas escolas


Por Camila Arvoredo (da Redação)

Créditos foto: Thebeatlesislife.com

O cantor e ex-Beatle Paul McCartney se posicionou contra a política francesa atual que proíbe as cantinas francesas de servirem opções vegetarianas nas escolas. Essa proibição lhe pareceu um atraso ao progresso, de acordo com o inglês “The Telegraph”. O ministro da agricultura francesa Bruno Le Maire pretende instaurar o projeto de interdição a partir de janeiro 2012.

“O direito de viver segundo seus princípios vai de encontro com a carta de direitos fundamentais da União Europeia”, reagiu McCartney. “Ninguém precisa comer animais, e com a dieta vegana combate-se automaticamente o aquecimento global, além de diminuirmos o risco de doenças cardíacas”, disse o ex-Beatle.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

TRAGÉDIA

COVARDIA

CATIVO EM ZOO

CRIME AMBIENTAL

RESPONSABILIZAÇÃO

ABERRAÇÃO LEGISLATIVA

ESCRAVIDÃO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>