Cachorro morto dentro de saco mobiliza polícias Militar e Civil, em Itajubá (MG)


Foto: Galvani Silva/ DFO

Um saco plástico jogado às margens da rodovia que dá acesso ao campus itabirano da Universidade Federal de Itajubá (Unifei) mobilizou homens da Polícia Militar e a Perícia Técnica da Polícia Civil na manhã desta segunda-feira, 31 de outubro.

A princípio, tudo levava a crer que dentro do pacote havia um corpo humano. Mas, depois que os especialistas chegaram e que o plástico preto foi aberto, foi constatado que havia, sim, um cadáver, mas de um cachorro de grande porte.

Foto: Galvani Silva/ DFO

O mau cheiro que saia do pacote era muito forte. O cadáver do animal já estava completamente desfigurado e inchado, tanto que não foi possível sequer identificar a raça do cachorro.

Os agentes das polícias vão acionar os servidores da Itaurb para recolher o cadáver e levar para o local apropriado.

Fonte: De Fato Online


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

AMOR

VIDA NOVA

RIO DE JANEIRO

ALTERNATIVA VEGANA

GENEROSIDADE

REABILITAÇÃO

EMPATIA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>