Ativistas expõem sofrimento dos animais explorados para o consumo humano


Nesta terça-feira (1), ativistas da fundação Equanimal, grupo espanhol de defesa dos animais, colocaram cruzes representando um cemitério de animais, na praça Callao, em Madri, na Espanha.  A ideia é promover o apoio aos direitos animais e chamar a atenção do povo para os crimes cometidos contra eles.

No último sábado (29), vários ativistas da Equanimal também encenaram uma ação dramática em Madri para marcar o Dia Internacional do Veganismo, que é comemorado hoje (1º de novembro) em vários países. Dezenas de pessoas entraram em uma fazenda de criação de porcos para expor a expressão de sofrimento e angústia vividos por esses animais vítimas da indústria da carne.

Na foto, ativista expõe o sofrimento dos animais confinados para o consumo humano, durante ação realizada no dia 29 de outubro (Foto: Divulgação/Equanimal)

Com informações do Diário do Pará


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

FINAL FELIZ

DOR E SOFRIMENTO

DESUMANIDADE

AGRESSÃO BRUTAL

INDÚSTRIA CRUEL

ECONOMIA

AMEAÇA DE EXTINÇÃO

ACIDENTE


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>