Site e microchips ajudam no controle e guarda responsável de animais


Para melhorar a condição de vida da fauna da cidade, controlar a população de animais e estimular a guarda responsável, a prefeitura criou em 2009 a Rede de Defesa e Proteção Animal. Através de um site (www.protecaoanimal.curitiba.pr.gov.br) é possível cadastrar cães e gatos, informando dados como idade, raça, nome e endereço do responsável. O processo é fácil.

Além da rede, a prefeitura também promove uma campanha de microchipagem de animais domésticos. O microchip e a aplicação são fornecidos gratuitamente pela prefeitura nas feiras do Amigo Bicho. Nas clínicas veterinárias conveniadas com a Prefeitura, o valor do microchip é R$ 9. No comércio convencional, varia de R$ 50 a R$ 80.

Grão de arroz

O microchip é do tamanho de um grão de arroz e aplicado sob a pele do animal. Ele é composto de material compatível com organismo do animal e, por ser muito resistente, fica por toda vida.

O aparelho contém um número, que é cadastrado num sistema no computador. Quando o animal se perder e outra pessoa encontrar, basta passar uma leitora de código de barras no animal para ler o número que corresponde ao tutor.

Fonte: Paraná Online


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

SINERGIA

MAUS-TRATOS

PROTEÇÃO ANIMAL

INESPERADO

ASCENSÃO

GRATIDÃO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>