Chuvas fazem cigarras reaparecerem em parques de Brasília (DF)


Durante o período de acasalamento, que dura cerca de duas semanas, os machos cantam para atrair as fêmeas. Com o início da temporada de chuvas, as cigarras se espalham pelas árvores de Brasília.

Para crescer, espécies trocam de exoesqueleto. No Parque Olhos d’Água, na Asa Norte, já é possível encontrar as cascas características da transformação dos animais em adultos.

Cigarras no Parque Olhos d'Água, em Brasília. (Fotos: Vianey Bentes /TV Globo)
Cigarras no Parque Olhos d'Água, em Brasília. (Fotos: Vianey Bentes /TV Globo)

Fonte: G1


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

TAILÂNDIA

ESTUPIDEZ HUMANA

POLUIÇÃO

AUSTRÁLIA

ÓRFÃO

MALDADE


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>