Aquecimento global provoca encolhimento de plantas e animais


Recife de corais: aumento da temperatura pode afetar ciclo de vida desses animais e interferir na cadeia alimentar marinha (Thinkstock)

O aumento na temperatura global está fazendo muitas espécies de animais e plantas diminuir de tamanho, diz estudo realizado por dois pesquisadores da Universidade Nacional de Cingapura. A alteração pode afetar a agricultura, por meio de colheitas menores, e também ecossistemas inteiros, diminuindo a biodiversidade.

Como o encolhimento não ocorre no mesmo ritmo para todas as espécies, a cadeia alimentar pode sofrer para se ajustar às mudanças, colocando em risco de extinção plantas e animais, de acordo com Jennifer Sheridan e David Bickford,  autores do estudo publicado no periódico Nature Climate Changes.

O encolhimento de espécies já aconteceu antes, milhões de anos atrás, com abelhas, besouros, aranhas, alguns ratos e algas, como mostram registros fósseis. Tocas escavadas por invertebrados há 56 milhões de anos, um período em que a temperatura global aumentou, eram entre 50 e 75% maiores que as atuais.

Metabolismo

Para os animais de sangue frio, que são a maioria na Terra, o aumento de temperatura acelera seu metabolismo, exigindo deles um consumo maior de alimentos – ou, de outra forma, que diminuam de tamanho. Essa redução pode significar também uma redução na biodiversidade do planeta, impactando várias cadeias alimentares.

Quanto à vida marinha, o aumento de dióxido de carbono na atmosfera eleva a acidez dos oceanos, alterando o ciclo de vida de animais marinhos e do fitoplâncton, planta que é parte essencial da cadeia alimentar marinha. “Existe uma série de regras ecológicas e metabólicas que ajudam a explicar por que as espécies estão ficando menores. Vários estudos confirmam esta tendência e mais estudos devem ser publicados afirmando a mesma coisa”, afirma Bickford.

Fonte: Veja


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

PROTEÇÃO ANIMAL

CRUELDADE

GRATIDÃO

ESPECIAL

ALEGRIA

VÍTIMAS DA CAÇA

MAUS-TRATOS


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>