Veja algumas imagens da semana


Por Silvia Lakatos (da Redação)

Integrante do Conselho Nacional de Transição da Líbia puxa orelha de camelo em deserto na periferia de Bani Walid. Foto: Karim Sahib / AFP

Com amplo apoio mundial, o Conselho Nacional de Transição da Líbia assume o poder. Mas a foto publicada pelo site UOL não deixa dúvidas: o atraso é coisa endêmica naquele país, que por mais de 40 anos esteve sob o regime ditatorial de Muammar al-Gaddafi. Ao puxar, por mera crueldade gratuita e com enorme brutalidade, a orelha de um inocente camelo, o soldado integrante do Conselho Nacional de Transição da Líbia retira nossas esperanças de ver um pouco mais de compaixão e civilidade em uma terra já sofrida.

Hinduístas observam cabra sendo sacrificada, no templo Taleju, em Katmandu, no Nepal, durante o festival Dashain. Foto: Niranjan Shrestha

O uso de animais em sacrifícios religiosos é coisa antiga. Tão antiga que já não deveria fazer parte dos usos e costumes do século 21. A foto revoltante mostra uma cabra sendo morta num ritual hindu, na Índia — país que muito ocidental imagina respeitar os animais, mas que, na verdade, trata de forma brutal os carneiros, os cães, as aves e as próprias vacas, que vivem famintas e abandonadas pelas ruas.

Nepaleses jogam água em búfalo que será sacrificado durante festival em Katmandu, Nepal. Foto: Navesh Chitrakar/Reuters

A exploração de animais é inaceitável, seja sob qual pretexto for. E ceifar vidas inocentes para agradar deuses hipotéticos é um ato que denota ignorância e crueldade.

Foto: Jacqueline Dozin/AFP

Uma triste imagem do último dia 3 de outubro mostra um dos três golfinhos encontrados mortos, amarrados a um bloco de concreto, no mar Mediterrâneo, na cidade de Marselha, na França. O crime cruel está sendo investigado pela polícia local, mas até agora não há pistas dos assassinos.

Foto: Gleb Garanich/Reuters

Cão caminha por ruas de Kiev, Ucrânia, próximo a anúncio do World Animal Day, evento que trata sobre a importância de reconhecer e garantir os direitos dos animais.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

DESAMPARO

COVARDIA

APOIO COLETIVO

MISSÃO

SÃO SEBASTIÃO (SP)

DEMANDA CRESCENTE

CRISE CLIMÁTICA

CRUELDADE

ALERTA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>