Lançamento do filme Skin Trade atrai 300 pessoas em SP


Por Lobo Pasolini (da Redação)

Diretora participou de debate após sessão (Foto: Chel Reis)

O lançamento do filme Skin Trade, um documentário que denuncia a crueldade da indústria de peles, teve seu lançamento na América Latina ontem (27) no Sesc da Rua Augusta em São Paulo. Cerca de 300 pessoas compareceram ao evento, que contou com a presença da diretora Shannon Keith, que também dirigiu Behind the Mask (Atrás da Máscara).

O lançamento foi organizado pela ANDA em colaboração com a Anti-Fur Society. Depois de um animado coquetel vegano oferecido pelos CineSESC, o público ouviu uma breve introdução da diretora da ANDA, Silvana Andrade e de Shannon Keith.

300 pessoas estiveram presentes no evento em prol dos animais. Foto: Katia Arantes

Após a exibição do filme, Shannon subiu ao palco para falar sobre o filme e responder perguntas da plateia. Ela levou três anos para realizar o filme e confessou que lidar com tantas imagens de sofrimento animal tem seu custo emocional.

Da esq. para dir.: Silvana Andrade, Shannon Keith e Lobo Pasolini. Foto: Chel Reis

“Nos momentos mais difíceis, eu sempre me lembro o porquê de fazer o filme, que é pelos animais. Isso é o que me motiva”, ela disse.

Ela disse que fez o filme para o público geral e não para ativistas dos direitos animais que já estão educados em relação ao tema. Por isso o foco em peles, que toca com mais facilidade o público. “Depois de ver esse filme, eu espero que as pessoas façam a conexão entre pele e couro também. Eu não consigo enumerar quantos estilistas me contataram dizendo que não vão mais usar peles em suas coleções depois de ver Skin Trade”, ela disse.

Shannon agora trabalha em seu próximo projeto que é sobre primatas em cativeiro. Skin Trade foi lançado em DVD pela ANDA e está disponível para ser comprado em uma versão com legendas em português.

Quem tiver interesse em adquirir, basta enviar um email para faleconosco@anda.jor.br .


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

AMOR

VIDA NOVA

RIO DE JANEIRO

ALTERNATIVA VEGANA

GENEROSIDADE

REABILITAÇÃO

EMPATIA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>