Guarda municipal é preso após atear fogo e matar cachorro com maçarico, no RJ


Policiais do 28º BPM (Volta Redonda/RJ) prenderam, na tarde desta segunda-feira (19), o guarda municipal de Barra Mansa Gerson dos Santos Reis, de 46 anos. Ele é acusado de ter ateado fogo em um cachorro numa praça no Centro de Volta Redonda, no interior do estado. O animal morreu. Segundo a polícia, Gerson estava embrigado. O crime foi cometido com um maçarico, alimentado por um pequeno botijão de gás, que o guarda carregava. Assustadas, pessoas que passavam pela praça chamaram a polícia, que prendeu Gerson em flagrante.

Ele foi levado para a 93ª DP (Volta Redonda), onde foi autuado por maus-tratos a animais com evento morte e embriaguez, com pena de até nove meses de detenção. Em depoimento, o guarda disse que queimou o cachorro “porque quis”. Após assinar um termo de compromisso de comparecer à audiência no Juizado Especial Criminal (Jecrim), Gerson foi liberado.

Fonte: Extra


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

AGRESSÃO BRUTAL

INDÚSTRIA CRUEL

ECONOMIA

AMEAÇA DE EXTINÇÃO

ACIDENTE

CRUELDADE

TECNOLOGIA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>