MP lidera força-tarefa e retira cães e gatos de local impróprio, em Joinville (SC)


Uma casa na Vila Cubatão, zona Norte de Joinville, foi considerada como um problema de saúde pública e se transformou em alvo de uma força-tarefa promovida pelo Ministério Público estadual, com a participação da Polícia Militar Ambiental, Fundema, Secretaria de Assistência Social, Secretaria de Saúde e Frente de Ação de Defesa dos Animais (Frada). Segundo a promotora Simone Cristina Schultz, desde 2009 a moradora da residência, na estrada Vigorelli, já havia sido notificada de que não poderia continuar a recolher animais e acumular lixo em seu terreno.

Em 2009, após denúncias encaminhadas ao Ministério Público, a Fundema recolheu 48 dos 55 cães que ela abrigava e os animais, alguns subnutridos e doentes, foram levados para um canil provisório na Fundação 25 de Julho, e depois encaminhados para adoção. Mas a moradora insistiu na prática, o que tem gerado reclamações por parte dos vizinhos, que argumentam que o local é um foco de doenças.

Ontem à tarde, sete cachorros, pelo menos sete gatos e outras dez aves estavam na propriedade, em meio à sucata que a catadora de materiais recicláveis recolhe pelas ruas. “Eu abrigo porque as pessoas abandonam os animais na rua, pobrezinhos”, disse a mulher.

Os cães foram levados para o Centro de Bem-estar Animal, prédio que está sendo concluído pela Prefeitura no bairro Vila Nova. Os cachorros foram acomodados lá provisoriamente. Segundo o veterinário da Fundema, Luiz Felipe Alessi Jensen, eles foram acorrentados, receberam ração, água, foram examinados e serão desverminados, para depois serem encaminhados à adoção.

Quanto aos gatos, ficou estabelecido que a Fundema terá um prazo de dez dias para providenciar a castração e um local mais adequado para eles.

Fonte: A Notícia


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

CONSERVAÇÃO

MUDANÇAS CLIMÁTICAS

MAUS-TRATOS

HABITATS DESTRUÍDOS

OMISSÃO

ECONOMIA CIRCULAR

DEDICAÇÃO

TECONOLOGIA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>