Família de gambás é encontrada em rodovia estadual do Espírito Santo


Uma família de gambás foi encontrada por funcionários de uma metalúrgica na manhã desta segunda-feira (5), na rodovia estadual ES-010, no município da Serra, região metropolitana de Vitória (ES). A mãe gambá estava tentando atravessar a rodovia com os oito filhotes em seu corpo, os funcionários ficaram preocupados com o perigo e resgataram a família. Em seguida ligaram para o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos (Ibama) para levar os animais para um lugar adequado.

Família de gambás é encontrada em rodovia estadual do Espírito Santo. Foto: Reprodução/TV Gazeta

De acordo com Ridan Kardec, que ajudou no resgate dos gambás, o Ibama foi acionado por volta de 8h, mas até às 11h os animais permaneciam no mesmo lugar. “Isso é um absurdo. Os animais estão sem pêlo, podem ter nascido nesta madrugada por que são do tamanho de uma xícara de chá. Os filhotes podem morrer se continuarem aqui. A fêmea está sem se alimentar ela e os filhotes podem morrer de fome”, contou Kardec.

De acordo com o biólogo e responsável pelo setor de Fauna do Ibama, Jacques Passamani, os animais não deveriam ter sido recapturados pelos funcionários. “A mãe gambá estava levando os filhotes para um lugar seguro e com certeza o seu trajeto foi interrompido. Os gambás são os animais mais adaptáveis que existem. E se a fêmea está cheia de filhotes é sinal de saúde. Eu já tinha informado isso para quem nos ligou hoje cedo”, disse o biólogo.

Veja o vídeo.

Jacques Passamani disse ainda que o Ibama não vai fazer a remoção da família gambá. “Nós podemos apenas, recomendar que os funcionários desta metalúrgica condicione os animais em um caixa de papelão e os leve até uma área de vegetação mais próxima. Em casos em que animais não apresentam sinais de ferimentos não fazemos o resgate”, afirmou o responsável pela Fauna.

Segundo o biólogo, se tem gambás nessas regiões significa que existe controle de ratos na região, é a ordem natural das coisas. “Deixe o animal buscar o seu caminho”, enfatizou o biólogo.

De todo modo, no fim da manhã desta segunda-feira (5), a Polícia Ambiental foi até a metalúrgica e removeu a família de gambás para um lugar mais seguro.

Fonte: G1


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

AÇÃO SOCIAL

AÇÃO SOCIAL

PRECAUÇÃO

ÍNDIA

ESTUDO

ÓRFÃO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>