Santo André (SP) capacita professores e alunos sobre cuidado com animais


Professores e assistentes pedagógicos do ensino fundamental municipal de Santo André iniciam nesta quinta-feira (25) capacitação sobre respeito aos animais e guarda responsável. A ação é fruto de parceria com a ONG internacional WSPA (Sociedade Mundial de Proteção Animal) e tem como objetivo levar para a sala de aula atividades e informações sobre o tema.

Com o curso, professores receberão suporte para a identificação de oportunidades e práticas pedagógicas voltadas para a educação ambiental humanitária. “Percebemos que sempre que trabalhamos a educação ambiental o foco é a natureza e a preservações dos recursos naturais, deixamos os animais um pouco de lado. Queremos agora valorizar e desenvolver sentimentos como respeito, cidadania e compaixão como os animais”, explica Andrea Padalino, gerente de Articulação de Projetos da prefeitura. Intitulada Respeito a todas as formas de vida, a campanha atingirá alunos de seis a 10 anos de idade.

Após a participação no evento desta quinta-feira, todos os participantes receberão um certificado. Após isso, escolas interessadas poderão participar de atividades práticas para, posteriormente, receberem certificação internacional concedida pela ONG. “A participação na atividade prática não será obrigatória”, completa Andrea.

Sabina

A ação será uma espécie de complemento do projeto piloto desenvolvido pela Sabina Escola Parque do Conhecimento, onde alunos frequentam o espaço diariamente para obter informações sobre guarda responsável de animais. “As crianças têm contato com alguns animais treinados. Com a ajuda de monitores, elas aprendem a importância da higiene, o que pode e o que não pode ser feito e cuidados com a saúde”, ressalta Silvia Fernanda Sanchez, coordenadora geral da Sabina.
Silvia conta que a ideia de criar o projeto – que já está com a agenda lotada até o fim deste ano – começou com uma demanda local.

“Temos quatro cães aqui que foram abandonados e resolvemos adotá-los. Então percebemos que este era um problema que merecia atenção. Até ficamos com receio no começo de como seria a aceitação das pessoas, mas nos surpreendemos. As crianças adoram”, conta. “Ensinando as crianças entendemos que estamos ajudando toda a sociedade, pois este não é apenas um problema da nossa cidade”, completa.

Fonte: Repórter Diário


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

CATIVO EM ZOO

CRIME AMBIENTAL

RESPONSABILIZAÇÃO

ABERRAÇÃO LEGISLATIVA

ESCRAVIDÃO

EXEMPLO

CICLOVIA RIO PINHEIROS

ESTRESSE


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>