Dezenas de ursos estão sendo mortos na Rússia


Por Fernanda Franco (da Redação)

Foto: RIA Novosti

Dezenas de ursos estão sendo assassinados na península da Kamchatka, no Extremo Oriente da Rússia, sob a absurda alegação de que são agressivos e de que representariam perigo para a população humana. Até agora, 16 animais já foram sacrificados, segundo informações do jornal Diário da Rússia.

Ao contrário dessa afirmação, os ursos vivem pacificamente em seus habitats e não representam nenhum perigo aos humanos. Os animais defendem-se apenas em situações ameaçadoras, reagindo, por exemplo, para proteger seus filhotes. Além disso, os ursos também são vítimas da invasão humana e da devastação das florestas, ficando, muitas vezes, sem alimento e abrigo, o que os leva a buscar fora de seus habitats um meio de sobrevivência.

A Rússia é o lar da maior população mundial de ursos marrons, com o total estimado em 120 mil animais.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

GENTILEZA

COMPORTAMENTO

'SAVE RALPH'

ÍNDIA

REVOLTA

AÇÃO SOCIAL

MÉXICO

AÇÃO SOCIAL


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>