Encontrado casal filipino acusado de vender vídeos com tortura de animais


Por Natalia Cesana  (da Redação)

Foto: Reprodução

O casal filipino Dorma e Vic Ridon, que fugiu depois de ter sido acusado pelos crimes de crueldade contra animais durante a produção de uma série de vídeos pornográficos nos quais jovens garotas torturam e matam animais foi finalmente preso no dia 2 de agosto. Entretanto, eles estão em liberdade após pagamento de fiança.

Depois de um longo período de investigação encabeçada pela PETA Ásia-Pacífico e pelo Bureau Nacional de Investigações, a polícia conseguiu incriminar o casal filipino.

Os vídeos, supostamente produzidos pelos Ridon, mostram meninas seminuas de 12 anos pisando em animais vivos e esfolando-os. Coelhos, por exemplo, gritam quando suas orelhas são cortadas e fogo é ateado neles. Um cachorro é queimado com ferro de passar roupas quente, um macaco é repetidamente atingido no olho com a ponta de um salto agulha, filhotes de cachorro são esmagados até vomitarem seus próprios órgãos.

A PETA Ásia-Pacífico contratou um advogado e está trabalhando para se certificar de que os suspeitos aparecerão no tribunal e sejam vigorosamente processados.

Além disso, um projeto de lei atualmente tramita no Senado filipino e pretende criminalizar a venda de tais vídeos, que já são ilegais nos EUA e em outros países. Você pode enviar um e-mail ao embaixador do Brasil nas Filipinas (brasemb.manila@itamaraty.gov.br), pedindo-lhe que apoie o projeto e ajude a prevenir que novos vídeos sejam produzidos no país. É possível também fazer uma doação para a PETA Ásia-Pacífico.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

CRUELDADE

TECNOLOGIA

DESUMANIDADE

ACOLHIMENTO

EFICIÊNCIA

VIDAS PERDIDAS

DEDICAÇÃO

SOFRIMENTO EMOCIONAL

DOÇURA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>