Frio causa morte de peixes na lagoa Rodrigo de Freitas, no RJ


De acordo com técnicos da Gerência de Avaliação de Qualidade das Águas do Instituto Estadual do Ambiente (Geag/Inea), a queda de temperatura na manhã desta segunda-feira no Rio de Janeiro causou a morte de diversos peixes na lagoa Rodrigo de Freitas, na altura do manguezal em frente à sede náutica do Vasco da Gama.

O Inea informou que os peixes eram savelhas que não resistiram à entrada da frente fria no sábado, acompanhada de rajadas de vento que alteram a temperatura da água. “A espécie é muito sensível a mudanças bruscas de temperatura, sobretudo porque os exemplares mortos são ainda jovens, de tamanho muito pequeno”, afirma o Ipea, em nota.

Segundo a gerente da Geag/Inea, Fátima Soares, a lagoa vem sendo monitorada regularmente e, no domingo, uma vistoria não acusou alterações na qualidade das águas. Nesta segunda-feira, uma nova vistoria com medições de parâmetros como oxigênio dissolvido, temperatura, salinidade e condutividade também não indicaram problemas.

Fonte: Terra


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

TAILÂNDIA

ESTUPIDEZ HUMANA

POLUIÇÃO

AUSTRÁLIA

ÓRFÃO

MALDADE


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>