Cães são abandonados e humilhados na Serra do Mar, em Cubatão (SP)


Moesio Rebouças
moesioreboucas@uol.com.br

As imagens falam por si mesmas. Eu as cliquei neste sábado, dia 23, no meio da tarde, quando retornava de uma caminhada até o Parque Ecológico Itutinga-Pilões, em Cubatão, no litoral paulista. Conforme a ANDA já publicou.

São cães que ficaram para trás, literalmente abandonados pelos seus tutores e pelo Poder Público – estadual (PSDB) e municipal (PT) – durante a remoção de moradores dos bairros Cota para conjuntos da Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU), dentro do Programa de Recuperação Socioambiental da Serra do Mar, promovido pelo Governo do Estado.

Foto: Moésio Rebouças

Conversei com alguns residentes das Cotas e da Água Fria, e segundo eles são centenas de cachorros abandonados que perambulam naquela região. E o pior: cada vez mais. Estão sobrevivendo pelo uso de seus instintos.

Somente num raio de 200 metros, perto da Fabril, eu contei mais de 40 cachorros, alguns no cio, expostos a condições absurdas: fome, frio, açoite, desprezo, sujeira, humilhação… A tristeza no olhar destes animais é de partir o coração. É revoltante!

Este discursinho verde, sobre ecologia que tanto vemos no governo estadual e municipal é só da boca para fora.

Foto: Moésio Rebouças

Não tem cabimento que no Estado mais rico do Brasil, numa das cidades mais ricas do Estado de São Paulo, ainda não se tenha construído um abrigo decente para estes cachorros. É muito descaso!

Por outro lado, enquanto estes animais sobrevivem sob condições degradantes, as autoridades – todas – devem estar num lugar quentinho, amplo, limpinho, comendo do bom e do melhor.

E nós, quando vamos perder o medo, deixar as lamentações “virtuais”, e efetivamente “colocar contra a parede” os governantes?

Basta de humilhação! Rebele-se, pelos animais, pela vida, todas as formas de vida!


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

DESMATAMENTO

BARBÁRIE

PRESSÃO INTERNACIONAL

INVOLUÇÃO

UNIÃO

PREVENÇÃO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>