Mulher tenta atirar em pit bull e mata marido


Foto: Reprodução

Uma mulher abriu fogo contra um cão da raça pit bull, mas acabou acertando seu marido, matanto-o, conforme informou neste sábado (16) a polícia do Estado norte-americano do Mississippi.

Testemunhas teriam alegado aos policiais que o cachorro, chamado “Cocaine”, estava tentando “atacar” as crianças na sexta-feira. De acordo com os relatos, as crianças saíram correndo e conseguiram entrar na casa de Robert Walker, que saiu e dominou o animal.

Enquanto Robert segurava o cachorro, sua esposa, Betty Walker, pegou uma arma e deu dois tiros. Um acertou o cão, mas o outro atingiu seu marido no peito, informou a polícia. O animal foi recolhido pela vigilância sanitária local e seu tutor poderá ser alvo de acusações.

A polícia da cidade de Jackson acredita que a morte de Robert Walker, de 53 anos, tenha sido acidental. Caberá a um grande júri decidir se a esposa dele será indiciada. As informações são da Associated Press.

Com informações do Paraná Online


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

TRAGÉDIA

RETROCESSO

SOFRIMENTO

DIFICULDADES FINANCEIRAS

BELO HORIZONTE (MG)

COVARDIA

CRUELDADE

PROTEÇÃO ANIMAL

ALERTA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>