Mocho-galego será devolvido amanhã à natureza em Portugal


O Centro de Recuperação e Investigação de Animais Selvagens (RIAS) da Ria Formosa (Quinta de Marim, Olhão) tem como principal função receber e proceder ao tratamento de animais selvagens autóctones feridos ou debilitados e, sempre que possível, devolvê-los ao seu habitat natural.
Nesse sentido, amanhã (domingo), dia 17 de julho, por volta de 20 horas, vai ser devolvido à natureza um Mocho-galego (Athene noctua), ainda juvenil, que foi entregue no RIAS por um particular, após ter sido recolhido em Olhão, por ter caído do ninho. Não apresentava qualquer lesão à entrada pelo que o seu processo de recuperação consistiu em alimentação adequada, contato com aves da mesma espécie e treinos de voo e caça.
Esta libertação será precedida de uma breve palestra de campo sobre o trabalho do RIAS e sobre a biologia e ecologia desta espécie, que se realizará na Quinta de Martim, em Olhão.
Estes momentos de libertação de animais recuperados são assim o agradável culminar de um processo de recuperação muitas vezes moroso, sendo então momentos privilegiados para contato com as populações locais, de modo a conhecer o trabalho desenvolvido pelos centros de recuperação de fauna selvagem e também as espécies que ocorrem em Portugal.

Fonte: Diário Online


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

BOA AÇÃO

CHINA

HEROÍNA

FINAL FELIZ

PAUTA EMERGENCIAL

SOLIDARIEDADE

GESTO DE AMOR


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>