Casal real britânico é criticado por visita a rodeio, no Canadá


Foto: Change.org

Por Lobo Pasolini (da Redação)

Kate e William fecharão sua visita ao Canadá com uma visita ao Calgary Stampede dias 07 e 08 de julho, apesar de uma campanha feita pela League Against Cruel Sports pedindo que eles se recusassem a participar desse espetáculo cruel.

O rodeio inclui um bezerro sendo laçado (‘calf roping’) e uma corrida de cavalos chamada ‘chuckwagon racing’ que é considerada particularmente atroz.

A Vancouver Humane Society enviou uma carta ao casal pedindo que eles cancelassem seus planos, conforme informou a Animals Change. A organização disse que com certeza o casal não gostaria de ser associado com uma atividade que é ilegal na Grã-Bretanha e que sofre oposição de praticamente todas as organizações de bem estar animal.

Na Grã-Bretanha,  a League Agains Cruel Sports conseguiu enviar cerca de sete mil emails para o casal nos últimos três dias. Mas agora os emails estão retornando, o que fez a organização concluir que está sendo censurada pelos assessores reais.

Siga o link para assinar a petição pedindo que o casal cancela sua participação no evento.

Nota da Redação: É compreensível que as ONGs estejam alarmadas com essa visita, mas não esqueçamos de que a família real participa de caçadas, promove a criação de cães e obviamente se beneficia de privilégios anti-democráticos. Não dá para esperar muita ética de aristocratas.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

PRESERVAÇÃO

VAQUINHA ON-LINE

FINAL FELIZ

LEALDADE

COMPROMISSO

ESPECIAL

MAUS-TRATOS


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>